Meteorologia

  • 20 JULHO 2019
Tempo
27º
MIN 24º MÁX 31º

Edição

Mãe de Rúben: Marcelo ligou para o hospital, do Governo "nem uma palavra"

Vilma Pires, a mãe de Rúben Cavaco, esteve esta quarta-feira em entrevista no Jornal das 8, na TVI, onde falou sobre o caso da agressão ao filho e sobre o seu estado atual de saúde.

Mãe de Rúben: Marcelo ligou para o hospital, do Governo "nem uma palavra"

A mãe de Rúben Cavaco teceu esta noite de quinta-feira, em entrevista à TVI, algumas críticas ao Governo português pela falta de contacto com a sua família, após a agressão ao seu filho, em agosto, por parte dos dois filhos do embaixador do Iraque em Portugal.

“Um cidadão português brutalmente agredido, não morreu por sorte, e o Governo português nem uma palavra. O único telefonema que houve para o hospital foi do Presidente da República. Agora o nosso Governo abandonou [o meu filho]”, criticou Vilma Pires.

A mulher acrescentou que Marcelo Rebelo de Sousa ligou para o hospital onde o filho estava internado e falou com a equipa médica, pedindo informações sobre o seu estado de saúde e enviando cumprimentos à família.

Rúben Cavaco foi agredido a 17 de agosto e até ao momento, quase quatro meses depois, não houve qualquer desenvolvimento significativo no caso ao nível do apuramento de responsabilidades. O Governo português deu um prazo às autoridades do Iraque para fazer o levantamento da imunidade diplomática aos filhos do embaixador, que terminará dentro de 20 dias.

“Aquilo que nós queremos é que a justiça seja feita”, indicou Vilma Pires, sublinhando que a família vai “lutar sempre” para que os dois rapazes acusados de agredir Rúben “sejam ouvidos como arguidos” e “sejam condenados”. “Eles assumiram publicamente que agrediram o meu filho”, relembrou.

Vilma acrescentou que Rúben começa a mostrar algumas sequelas, 15 dias depois de ter regressado à escola. “Não conseguiu fazer educação física, não consegue escrever durante muito tempo e a perna dói-lhe”, indicou, embora ressalve que os médicos dizem que a recuperação do rapaz será lenta.

Rúben Cavaco foi agredido em Ponte de Sor, no distrito de Portalegre, pelos filhos do embaixador do Iraque em Portugal, gémeos de 17 anos. Os dois rapazes suspeitos da agressão têm imunidade diplomática, ao abrigo da Convenção de Viena.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório