Megaoperação da PJ: 17 detidos por explosões e assaltos a multibancos

A Polícia Judiciária já fez um balanço da operação levada a cabo esta terça-feira.

© Reuters
País Balanço

A PJ sublinha que alguns dos suspeitos já têm antecedentes no “âmbito da criminalidade violenta”.

PUB

A Polícia Judiciária deteve, esta terça-feira de manhã, um total de 17 pessoas suspeitas dos crimes de furtos a caixas multibanco com recurso a explosão.

A operação, a que a força policial deu o nome de Caixa Automática, decorreu ao longo da manhã na zona da Grande Lisboa. Em comunicado, a PJ explica que a investigação permitiu desmantelar uma organização criminosa que, a partir da “região da Grande Lisboa e península de Setúbal”, assaltava diversas caixas de multibanco através do método de explosão.

Além das detenções, os inspetores da PJ apreenderam “várias viaturas, automóveis, motociclos e inúmeros objetos do produto do crime”.

Os detidos, com idades entre os 22 e os 61 anos, vão ser presentes hoje a tribunal para aplicação das respetivas medidas de coação.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS