Meteorologia

  • 19 JULHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 21º

Edição

"Não há professores a mais", diz Maria de Lurdes Rodrigues

A antiga ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, afirma, em entrevista ao jornal i, que não existe um excesso de professores em Portugal, e, ao contrário do actual ministro Nuno Crato, a ex-governante considera que não é preciso dispensar docentes, tendo em conta o elevado abandono escolar e a necessidade de programas de qualificação de adultos.

"Não há professores a mais", diz Maria de Lurdes Rodrigues

Maria de Lurdes Rodrigues, ex-ministra da Educação do Governo de José Sócrates, defende que não se pode cortar tanto nem tão depressa sem ser através de “medidas cegas”.

“Cortar de um Orçamento para o outro 4 mil milhões é tecnicamente impossível a não ser por medidas cegas e transversais, que já foram tomadas, como cortar dois salários a todos os funcionários públicos”, afirma a antiga governante, em entrevista ao jornal i, frisando que “isso nunca seria uma medida associada a uma reforma do Estado”.

Para Maria de Lurdes Rodrigues, “se o País continua a precisar de diminuir o abandono escolar precoce e continua a necessitar de programas de formação de adultos, não podemos estar a falar de professores a mais”.

Na mesma entrevista ao jornal i, a antiga ministra da Educação afirma que “quando se acaba com a escola a tempo inteiro, quando se acaba com uma série de disciplinas, o que se está a fazer é diminuir o serviço público”. E alerta que “quando se anuncia a diminuição do número de professores, isso, em abstracto, não é uma medida de racionalização, mas uma medida de corte na despesa”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório