Meteorologia

  • 20 MAIO 2024
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 21º

Militares da GNR a trabalhar em obras "põe em causa a sua dignidade"

A Associação Socioprofissional Independente da Guarda (ASPIG) mostra-se desagradada com a atual situação.

Militares da GNR a trabalhar em obras "põe em causa a sua dignidade"
Notícias ao Minuto

17:25 - 08/03/16 por Patrícia Martins Carvalho

País ASPIG

Os militares da Unidade de Intervenção da GNR estão a ser recrutados, a título voluntário, para participarem na execução das obras de requalificação do quartel da Pontinha, no concelho de Odivelas.

A ASPIG considera que este recrutamento “em nada dignifica a imagem da GNR e põe em causa a dignidade dos militares envolvidos”.

“Os militares, ao invés de estarem empenhados na sua preparação física e psicológica, garantindo assim o seu estatuto de operacionais de excelência, estão por força desta medida empenhados no apoio aos elementos da Secção de Obras da Companhia de Comando e Serviços”, frisa José Alho em comunicado enviado ao Notícias ao Minuto.

O presidente da ASPIG diz ainda que, tendo em conta a natureza militar da GNR, compreende por que razão nenhum se militar se recusa a este trabalho de voluntariado e acusa a hierarquia de “não acautelar” os interesses e a dignificação profissional dos seus subordinados.

Recomendados para si

;
Campo obrigatório