Meteorologia

  • 25 JULHO 2024
Tempo
20º
MIN 19º MÁX 27º

Sócrates acusa Ministério Público de querer "impedir a vitória do PS"

O antigo primeiro-ministro encontra-se detido desde finais de novembro do ano passado.

Sócrates acusa Ministério Público de querer "impedir a vitória do PS"
Notícias ao Minuto

20:30 - 19/08/15 por Notícias ao Minuto

País Ex-governante

Foi através de uma carta enviada à SIC que José Sócrates, detido no Estabelecimento Prisional de Évora, voltou a abordar a sua prisão preventiva por suspeitas de corrupção.

Numa carta com pouco mais de cinco páginas A4, realça o canal de televisão, Sócrates acusa o Ministério Público (MP) de querer condicionar eleições legislativas: “À medida que o tempo passa cresce a legitima suspeita de que este processo tem como verdadeira motivação condicionar as próximas eleições legislativas e impedir vitória do PS. Acontece que isso não compete à justiça mas à política”, crítica o ex-governante.

Numa missiva onde volta a repetir as questões sobre o que terá motivado, “sem provas, a sua detenção, Sócrates. “É como se o velho princípio "in dubio pro reo" ficasse invertido: nesse processo, é a investigação que goza do benefício da dúvida”, queixa-se, acrescentando que está a ser dada “à investigação uma tolerância inadmissível num processo justo”.

José Sócrates aborda ainda o recente caso da venda da sua casa na rua Bramcaamp, em Lisboa, revelado pelo Expresso, acusando o MP de ordenar uma investigação ao cidadão paquistanês que adquiriu o imóvel quando a “única razão parece residir no facto de esse apartamento ter sido meu”.

“Já não se trata, apenas do respeito que deve às pessoas e aos seus direitos, mas de perder o respeito que o MP deve a si próprio”, critica ainda José Sócrates.

Recomendados para si

;
Campo obrigatório