Meteorologia

  • 29 NOVEMBRO 2021
Tempo
16º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Barroca terá pago 15 milhões em contrapartidas a Sócrates

Gestor do Grupo Lena é suspeito de corrupção. Contas de Santos Silva terão sido usadas para dar contrapartidas ao ex-governante.

Barroca terá pago 15 milhões em contrapartidas a Sócrates

Joaquim Barroca é suspeito de ter usado Carlos Santos Silva como intermediário para pagar mais de 15 milhões de euros a José Sócrates.

Segundo o Diário de Notícias, o gestor tinha um compromisso com o ex-primeiro ministro que envolvia o pagamento de contrapartidas por concursos públicos atribuídos ao Grupo Lena.

Entre julho de 2007 e fevereiro de 2008, Joaquim Barroca terá usado contas de Santos Silva para esconder os pagamentos ao antigo governante, num total de 15,8 milhões de euros.

Após o interrogatório no âmbito do ‘Processo Marquês’, Joaquim Barroca fica agora em prisão preventiva de forma provisória. Após verificação da casa do suspeito pelas autoridades, a medida de coação passará a prisão domiciliária.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório