Meteorologia

  • 14 JULHO 2024
Tempo
23º
MIN 15º MÁX 26º

Detidas 2 pessoas ligadas a homicídio numa rixa em Fátima. Há 13 arguidos

Rixa aconteceu no passado dia 2 de junho. Recorde-se que uma pessoa morreu esfaqueada e pelo menos cinco ficaram feridas.

Detidas 2 pessoas ligadas a homicídio numa rixa em Fátima. Há 13 arguidos
Notícias ao Minuto

11:00 - 14/06/24 por Notícias ao Minuto

País Fátima

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou, esta sexta-feira, que deteve dois suspeitos de estarem ligados ao homicídio ocorrido durante uma rixa em Fátima, no passado dia 2 de junho.

As detenções ocorreram na sequência de uma operação policial, denominada 'Thémis', que foi levada a cabo ontem, quinta-feira, e na qual foi também dado cumprimento a mandados de busca. Em causa, explica a PJ, está a "suspeita dos crimes de homicídio qualificado, detenção de armas proibidas e participação em rixa, na sequência dos acontecimentos ocorridos na madrugada do dia 2 de junho". 

Segundo a autoridade, a violência envolveu "dois grupos opositores, estimando-se que tenha tido a intervenção de dezenas de elementos, todos do sexo masculino, utilizando armas brancas, barras de ferro, bastões e outros instrumentos de agressão".

Das agressões, recorde-se, "resultou a morte de um homem, de 26 anos, e, pelo menos, cinco feridos, com idades compreendidas entre 22 e 27". 

A operação, através do Departamento de Leiria da Policia Judiciária, surgiu no desenvolvimento da investigação, e contou com o apoio de elementos da Diretoria do Centro, da Unidade de Armamento e Segurança e peritos de Polícia Científica. Foram assim feitas "várias buscas domiciliárias e detidos dois suspeitos, relacionados com o homicídio". 

Foram ainda "constituídos arguidos mais 13 homens, além dos dois detidos, indiciados pelo crime de participação em rixa, procedendo-se aos respetivos interrogatórios e aplicação de termo de identidade e residência", informa a PJ, que recolheu "elementos indiciários relevantes", além de terem sido formalizados "vários depoimentos e testemunhos, relacionados com a situação". 

A PJ sublinha ainda o apoio prestado pelo Comando Territorial de Santarém da GNR, através do Destacamento de Tomar.

Os detidos serão presentes à autoridade judiciária para primeiro interrogatório e aplicação das medidas de coação.

A investigação prossegue.

[Notícia atualizada às 11h06]

Leia Também: Jovens detidas após agredirem lojista durante roubo no Leiria Shopping

Recomendados para si

;
Campo obrigatório