Meteorologia

  • 18 MAIO 2024
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 20º

Cão em risco de vida retirado a dono. "Esquelético e com vómitos"

Aconteceu em Almada. Animal encontrava-se ainda com dificuldade respiratória e infestado de pulgas. Canídeo foi, alegadamente, vítima de maus tratos e abandono. Está agora internado, com prognóstico reservado.

Cão em risco de vida retirado a dono. "Esquelético e com vómitos"
Notícias ao Minuto

13:20 - 15/05/24 por Notícias ao Minuto

País Almada

A Polícia de Segurança Pública (PSP) resgatou, esta semana, um cão alegadamente vítima de maus tratos e abandonado, em Almada, por necessidade urgente e permanente de assistência médico-veterinária.

Num comunicado enviado esta quarta-feira ao Notícias ao Minuto, a PSP revelou que teve conhecimento do caso através de uma denúncia. Ao deslocarem-se ao local, junto com o Provedor Municipal para os Animais e com o Serviço Veterinário e de Bem-Estar Animal da Câmara Municipal de Almada, confirmou a informação.

O cão "encontrava-se esquelético e com vómitos constantes, apresentava uma percetível dificuldade respiratória além de se encontrar com uma infestação de pulgas, indícios mais do que suficientes de que carecia de cuidados urgentes e por isso decidiu-se pela apreensão do animal ao proprietário/cuidador e transportado para avaliação de um especialista".

Os exames realizados comprovaram que o animal estava com a sua saúde fortemente comprometida, correndo até risco de vida, o que só foi evitado devido à célere intervenção e aplicação dos tratamentos médico-veterinários.

Apesar disso, o animal permanece internado com prognóstico reservado.

O caso foi comunicado ao Ministério Público (MP) de Almada, uma vez que em causa pode estar a prática dos crimes de abandono e de maus tratos a animal de companhia.

Apesar de ter tido acesso ao vídeo do resgate, o Notícias ao Minuto optou por não o divulgar, uma vez que o estado do cão é chocante e pode ferir as suscetibilidades dos leitores mais sensíveis.

Leia Também: Homem com "atraso cognitivo" escravizado por 17 anos. Há 4 detidos

Recomendados para si

;
Campo obrigatório