Meteorologia

  • 12 ABRIL 2024
Tempo
27º
MIN 15º MÁX 27º

Marinha resgata navio à deriva e evita "grave catástrofe ecológica"

A embarcação "transportava 13 toneladas de fertilizante e mais de 200 toneladas de combustível e óleos".

Marinha resgata navio à deriva e evita "grave catástrofe ecológica"
Notícias ao Minuto

13:13 - 24/02/24 por Notícias ao Minuto

País Marinha Portuguesa

A Marinha Portuguesa coordenou uma operação "de salvaguarda da segurança da navegação e de proteção do ambiente marinho e da orla costeira alentejana", evitando uma "grave catástrofe ecológica".

O navio graneleiro MBC Daisy, encontrava-se "à deriva a cerca de 12 milhas náuticas, o equivalente a cerca de 22 quilómetros, a Sudoeste do Cabo Espichel", refere a Marinha em comunicado.

Em colaboração com a Autoridade Marítima Nacional (AMN), a Marinha resgatou a embarcação "desde as 20h30 de ontem, dia 23 de fevereiro, até às 4h00 da manhã de hoje" após esta ter pedido auxílio na sequência de "uma avaria no sistema propulsor".

Com condições do mar bastante adversas, o navio "derivou mais de 13 milhas náuticas para sudeste, o equivalente a cerca de 24 quilómetros, não tendo sido bem-sucedido na manobra de fundear de emergência, largando, aproximadamente, a 85 metros de amarra", destaca a nota.

A embarcação, que "transportava 13 toneladas de fertilizante e mais de 200 toneladas de combustível e óleos", foi socorrida pelo rebocador Castelo de São Jorge, numa altura em que "já se encontrava perigosamente a 1,5 milhas (cerca de 3 quilómetros) da Praia da Sancha".

"Esta difícil operação teve o apoio do NRP Viana do Castelo que esteve nas proximidades durante todo o período" e decorreu "em estreita coordenação com a AMN que sobre a direção dos capitães de Porto de Setúbal e de Sines, empregou durante a madrugada todos os recursos necessários para evitar uma grave catástrofe ecológica".

Leia Também: Marinha Portuguesa treina com Marinha Romena (e há imagens)

Recomendados para si

;
Campo obrigatório