Meteorologia

  • 14 ABRIL 2024
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 29º

Costa e Santos Silva defendem eliminação da violência contra as mulheres

O primeiro-ministro apelou hoje à prevenção e denúncia da violência que atinge mulheres por todo o mundo, tendo o presidente da Assembleia da República pedido uma ação coletiva para acabar com todas as formas de violência contra as mulheres.

Costa e Santos Silva defendem eliminação da violência contra as mulheres
Notícias ao Minuto

13:11 - 25/11/23 por Lusa

País Violência doméstica

Através das redes sociais, o primeiro-ministro, António Costa, e o presidente da Assembleia da República, Augusto Santos, assinalaram ambos o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres, que hoje se celebra.

"No Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres, reforçamos a importância de prevenir e denunciar a violência que atinge mulheres por todo o mundo", referiu António Costa.

Segundo o primeiro-ministro, "esta é uma luta diária e coletiva contra a agressão e o medo, contra o silêncio e a desculpa".

Já Augusto Santos Silva considerou que a "prevalência de desigualdades, discriminação e misoginia que perpetua a violência contra as mulheres, é uma grave violação dos direitos humanos" com impacto não apenas nas vítimas, mas em toda a sociedade.

"Hoje e todos os dias exige-se a defesa intransigente dos direitos humanos e ação coletiva para eliminar todas as formas de violência contra as mulheres", apelou.

Também o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, já tinha assinalado Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres e anunciado que o Palácio de Belém se voltará a iluminar de laranja, simbolicamente, em apoio a esta causa.

Leia Também: Palácio de Belém 'veste' laranja pelo fim da violência contra as mulheres

Recomendados para si

;
Campo obrigatório