Meteorologia

  • 18 JUNHO 2024
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 21º

Ativistas climáticos que interromperam ministro constituídos arguidos

Caso remonta ao passado mês de junho e aconteceu na 'Eletric Summit'. O governante visado foi o titular da pasta do Ambiente e da Ação Climática, Duarte Cordeiro.

Ativistas climáticos que interromperam ministro constituídos arguidos
Notícias ao Minuto

15:05 - 30/03/23 por Notícias ao Minuto

País Clima

Os ativistas climáticos que interromperam, em junho do ano passado, o discurso do ministro do Ambiente e da Ação Climática, Duarte Cordeiro, no decorrer da 'Eletric Summit', estão a ser constituídos arguidos pela prática do crime de desobediência.

A informação foi avançada pelo grupo Climáximo em comunicado enviado às redações, que esclarece que os ativistas não aceitarão a suspensão provisória do processo" - e, por isso, serão "constituídos arguidos".

Estes ativistas serão, portanto, ouvidos em tribunal na sexta-feira a partir das 10h, no Campus de Justiça, em Lisboa. Não está, no entanto, qualquer vigília e concentração agendada.

De recordar que, no âmbito da sua campanha 'Gás é Andar para Atrás', estes ativistas interromperam a intervenção inicial de Duarte Cordeiro no referido evento em junho passado, denunciando a contradição existente entre o investimento nos combustíveis fósseis e os planos para concretizar a tão discutida transição energética.

No comunicado citado, o grupo climático mostra-se ainda contra o "novo investimento no terminal de GNL (Gás Natural Liquefeito) em Sines", para "receber ainda mais gás fóssil em Portugal". Na sua ótica, trata-se de um "ato premeditado de destruição climática e social".

As arguidas mostram-se, assim, pela mesma via, "disponíveis" para "debater o papel do governo e das empresas no colapso climático".

Leia Também: Tribunal da ONU vai pronunciar-se sobre "obrigações" dos países no clima

Recomendados para si

;
Campo obrigatório