Meteorologia

  • 29 JANEIRO 2023
Tempo
10º
MIN 4º MÁX 12º

Megaoperação. Identificadas mais de 200 'mulas de dinheiro' em Portugal

Megaoperação da Europol contra a lavagem de dinheiro resultou na detenção de 2.469 indivíduos. Estiveram envolvidos 25 países, incluindo Portugal.

Megaoperação. Identificadas mais de 200 'mulas de dinheiro' em Portugal
Notícias ao Minuto

17:54 - 05/12/22 por Notícias ao Minuto

País PJ

A Polícia Judiciária (PJ), em articulação com a EUROPOL/European Cybercrime Center (EC3), identificou, em Portugal, entre 15 de setembro e 30 de novembro, mais de 200 pessoas que integram o conceito 'mulas de dinheiro' ('Money Mule'), no âmbito de uma investigação internacional contra o branqueamento de capitais.

Sublinhe-se que 'mula de dinheiro' serve para designar um correio humano que é usado para despistar transferências de dinheiro internacionais que têm origem em atividades criminosas.

Em comunicado, esta segunda-feira, a autoridade explica que esta operação contra o branqueamento de capitais através da angariação de 'Mulas de Dinheiro', denominada EMMA8, foi realizada pelo oitavo ano consecutivo e envolveu um total de 25 países.

"A operação EMMA ('European Money Mule Action'), teve como resultado global a detenção de 2.469 indivíduos, a identificação de mais de 8.755 'mulas de dinheiro' e a tomada de medidas cautelares que permitiram evitar a perda de 17.500.000,00 euros", lê-se.

A nível nacional, foram identificadas 262 pessoas que integram o conceito de 'mulas de dinheiro', identificadas nove pessoas como angariadoras de 'mulas de dinheiro', interrogadas 64 pessoas que foram constituídas arguidas, identificadas 349 contas bancárias para transações ilícitas, iniciadas 90 investigações, identificadas 262 vítimas de crime e apurou-se um prejuízo patrimonial superior a 4.500.000,00 euros.

"Esta campanha visa sensibilizar o público em geral que as (Money Mules) são pessoas recrutadas por organizações criminosas para o levantamento de dinheiro ou transferências ilícitas de fundos, passando, também elas, a ser intervenientes e autoras de crimes", destaca a PJ.

Leia Também: Operação da PJ tem por base "maior fraude" de IVA já investigada na UE

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório