Meteorologia

  • 30 NOVEMBRO 2022
Tempo
MIN 7º MÁX 14º

Portimão está a instalar as primeiras câmaras de videovigilância

A Câmara de Portimão já iniciou a instalação de câmaras de videovigilância no concelho, colocando os primeiros equipamentos de segurança deste tipo na cidade e na praia da Rocha, anunciou hoje a autarquia.

Portimão está a instalar as primeiras câmaras de videovigilância

A instalação destas câmaras é feita ao abrigo de um "protocolo recentemente firmado entre o município e o Ministério da Administração Interna" e os equipamentos instalados são "as primeiras unidades das 36 câmaras de videovigilância" que o município prevê instalar no concelho, esclareceu a Câmara de Portimão.

"A grande prioridade é a instalação de câmaras nas entradas da cidade e na praia da Rocha, sobretudo na zona dos bares, conforme definido no estudo prévio realizado pela Polícia de Segurança Pública (PSP), associado às estatísticas existentes sobre a matéria", indicou o município do distrito de Faro num comunicado.

A Câmara de Portimão precisou que, na praia da Rocha, a instalação destes equipamentos de segurança preventiva vai ser feita "prioritariamente no caminho pedonal junto às falésias, a partir da rotunda da Fonte (ou do Vau), fazendo a ligação com a Avenida Tomás Cabreira".

Desta forma, justificou a Câmara de Portimão, fica coberta com videovigilância "a área onde se concentra um grande número de estabelecimentos de animação noturna".

"Segundo o protocolo, a autarquia é responsável pela infraestrutura e aquisição dos equipamentos, cuja rede poderá ser estendida a outras zonas da cidade", recordou a autarquia algarvia, sublinhando que "a PSP vai ser a única entidade com acesso às imagens, que serão operadas exclusivamente pelas autoridades policiais" para "garantir a segurança de pessoas e bens".

As câmaras instaladas estão também preparadas para "impedir a captação de imagens em locais sensíveis, como habitações particulares", acrescentou o município.

"Os custos integrais assumidos pelo município de Portimão com o processo foram de 563.799,49 euros, estando incluída nesta verba a instalação e manutenção do sistema de videovigilância, bem como a formação dos agentes de autoridade que irão operar com as câmaras", observou a mesma fonte.

A Câmara de Portimão recordou que a instalação de videovigilância no concelho está a ser realizada "em três fases distintas" e "consagra a expansão da rede própria de comunicações do município" através de redes de "fibra ótica, mas também ao nível da criação das infraestruturas elétricas e do fornecimento dos postes para fixação das câmaras" e da instalação de "antenas wi-fi", que "possibilitarão o acesso grátis da população" às imagens através da internet.

A Câmara de Portimão destacou que este projeto permitiu também que o município fizesse a "instalação integral da respetiva infraestrutura" com "uma rede subterrânea de fibra ótica, que é propriedade exclusiva da autarquia".

"Neste momento, existem no solo cerca de 50 quilómetros de fibra ótica espalhada pelo concelho, o que representa um investimento exclusivamente municipal na ordem dos 275.000 euros", quantificou a Câmara de Portimão.

O município realçou ainda que, desde 2018, foi feita "a ligação dos edifícios municipais", de "todas as escolas de Portimão" e dos "jardins e espaços públicos desta freguesia", tendo este ano sido realizada a "infraestruturação da videovigilância", que está agora a ser instalada, com "um investimento próximo dos 300.000 mil euros".

Leia Também: Este fim de semana, Portimão volta a ser a capital do berbigão

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório