Meteorologia

  • 18 AGOSTO 2022
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 32º

Fábio Guerra morreu em "ação policial". Família vai receber indemnização

Agentes da PSP foram agredidos quando estavam fora de serviço à porta da discoteca MOME, em Lisboa.

Fábio Guerra morreu em "ação policial". Família vai receber indemnização
Notícias ao Minuto

15:50 - 18/05/22 por Notícias ao Minuto

País Fábio Guerra

O inquérito da Polícia de Segurança Pública (PSP) à morte de Fábio Guerra concluiu que esta ocorreu durante uma "ação policial". O agente, de 26 anos, natural da Covilhã, morreu no passado mês de março no Hospital de São José devido a "graves lesões cerebrais" sofridas na sequência das agressões de que foi alvo à porta da discoteca MOME, em Lisboa. 

Com este desfecho, a família vai receber uma indemnização de 176 mil euros, avança a CNN Portugal

No momento do ataque, segundo avançado na altura por um comunicado da Polícia de Segurança Pública, quatro agentes da PSP foram agredidos quando estavam fora de serviço. Porém, intervieram quando começaram a surgir desacatos dentro da referida discoteca, os quais acabariam por prosseguir no exterior do estabelecimento.

Dos quatro polícias agredidos, três deles acabariam por ter alta hospitalar logo no sábado. O caso afigurava-se, no entanto, bem mais complicado para Fábio Guerra, que acabou por não resistir. 

Dois dos indivíduos alegadamente responsáveis pelo ataque foram prontamente identificados pela Polícia Judiciária como sendo dois fuzileiros da Marinha Portuguesa. Ficaram em prisão preventiva.

Leia Também: Família de Fábio Guerra pede que "não caia em esquecimento a barbaridade"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório