Meteorologia

  • 18 AGOSTO 2022
Tempo
31º
MIN 17º MÁX 32º

Prisão preventiva para dois fuzileiros suspeitos da morte de Fábio Guerra

Juiz Carlos Alexandre decretou medida de coação de prisão preventiva.

Prisão preventiva para dois fuzileiros suspeitos da morte de Fábio Guerra
Notícias ao Minuto

21:19 - 23/03/22 por Notícias ao Minuto

País PSP

O juiz Carlos Alexandre decretou esta quarta-feira como medida de coação a prisão preventiva para os dois fuzileiros suspeitos da morte do PSP Fábio Guerra, avançou esta quarta-feira a CNN Portugal. 

O magistrado considerou existir perigo de perturbação do inquérito e da ordem pública e também com o perigo de continuação da atividade criminosa.

Os dois suspeitos ficam no estabelecimento prisional de Tomar a aguardar pela acusação do Ministério Público. 

Fábio Guerra, de 26 anos, morreu na segunda-feira, após ser “violentamente” agredido por um grupo de cerca de dez pessoas no exterior de um estabelecimento de diversão noturna, o MOME, em Lisboa, na madrugada de sábado.

Segundo a PSP, o agente e três colegas, que estavam fora de serviço, intervieram numa “alteração da ordem pública, com agressões mútuas entre vários cidadãos”. 

O jovem polícia foi “empurrado e caiu ao chão, onde continuou a ser agredido com diversos pontapés”, enquanto os restantes continuavam a defender-se das agressões. Os quatro foram hospitalizados, mas três acabaram por ter alta no próprio dia. 

[Notícia atualizada às 21h41]

Leia Também: Funeral de Fábio Guerra na quinta-feira. Corpo será escoltado até Covilhã

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório