Meteorologia

  • 25 ABRIL 2024
Tempo
18º
MIN 13º MÁX 19º

Portugal distinguido com dois Prémios Europa Nostra

O programa radiofónico "Encontros com o Património", da direção-geral do Património Cultural e emitido na TSF, e a Rota Histórica das Linhas de Torres estão entre os 27 distinguidos com o Prémio Europa Nostra, foi hoje divulgado.

Portugal distinguido com dois Prémios Europa Nostra
Notícias ao Minuto

12:29 - 20/03/14 por Lusa

País TSF

A cerimónia de entrega do Prémio da União Europeia para o Património Cultural/Prémios Europa Nostra de 2014 acontecerá no dia 05 de maio, no Burgtheater, em Viena, altura em que também serão conhecidos os vencedores do Grande Prémio, no valor 10.000 euros, escolhido entre os 27 distinguidos, e o do Prémio do Público, resultante da votação "on line".

Os 27 vencedores nas diferentes categorias - "Conservação", "Investigação", "Contribuições exemplares" e "Educação, formação e sensibilização" -, foram selecionados entre 160 projetos candidatos de 30 países.

Este ano, foram também atribuídos prémios Europa Nostra a projetos de dois países que não participam no Programa Cultura da União Europeia (2007-2013), a Federação Russa e a Suíça.

A Rússia recebe nas categorias "Conservação" e "Investigação", respetivamente pelo projeto de restauro das Salas de Ágata, no pavilhão dos Banhos Quentes, do Museu de Tsarskoe Selo (Pushkin na antiga União Soviética), em São Petersburgo, e pelo estudo da arquitetura sacra do século VII, no sul do Cáucaso, região que corresponde atualmente, na sua maioria, às Repúblicas da Arménia e da Geórgia.

A Suíça recebe na categoria "Conservação", pelo restauro dos barcos a vapor da Compagnie Generale de Navigation do lago Genebra, em Lausanne, que foram originalmente construídos entre 1904 e 1927.

Na categoria "Investigação" foram distinguidos, além da pesquisa do Instituto Estatal de Estudos de Arte de Moscovo sobre a arquitetura sacra, a obra "Van Dyck em Espanha", de Matías Díaz Padrón, e o projeto de investigação de Paolo Vitti sobre a construção romana abobadada no Peloponeso, na Grécia. Sobre a investigação de Vitti, a Europa Nostra afirma no seu sítio, na Internet, que "foi baseada em visitas a mais de 30 locais na região, onde foram feitos levantamentos detalhados e desenhos".

A quarta distinção foi para a Hungria, para um estudo dos jardins dos castelos da Transilvânia. "Este é um estudo húngaro de 93 jardins de castelos na Transilvânia. A pesquisa foi realizada por um número significativo de estudantes, professores e profissionais que trabalham sob a coordenação do catedrático Albert Fekete, da Faculdade de Arquitetura Paisagista da Universidade Corvinus, em Budapeste", justifica a Europa Nostra.

Na categoria "Contribuição Exemplar" foram distinguidas quatro organizações, a Gustav Klimt Memorial Society, de Viena, a Associação Iubilantes, da região de Como, na Itália, a Associação Kempens Lamdschape, de Putte, na Bélgica, e a Shapping 24, um projeto da sociedade civil com apoio financeiro da União Europeia, de promoção do património comum às cidades de Ghent, na Bélgica, e Norwich, no Reino Unido.

Portugal vai receber dois Europa Nostra, pela Rota das Linhas de Torres, na categoria "Conservação", e pelo programa radiofónico "Encontros com o Património", da Direção-Geral do Património Cultural e da TSF, na categoria "Educação, formação e sensibilização".

Dos 27 prémios divulgados, quatro são para Espanha e outros quatro para a Itália; Bélgica recebe três prémios; Portugal, Reino Unido, Hungria e a Rússia, dois galardões cada; com uma distinção ficam a Albânia, Alemanha, Áustria, Chipre, Noruega, Roménia, Holanda e Suíça.

Recomendados para si

;
Campo obrigatório