Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2021
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

Alegados erros “não comprometem integridade" do CV de Raquel Varela

A avaliação do currículo da investigadora Raquel Varela foi feita por dois elementos do Conselho Científico da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade NOVA de Lisboa (NOVA FCSH), depois de o Instituto de História Contemporânea ter identificado "erros" no CV da historiadora.

Alegados erros “não comprometem integridade" do CV de Raquel Varela

"A informação, entregue esta quarta-feira, dia 20 de outubro de 2021, ao Conselho Científico, conclui que não existe matéria que comprometa a integridade da componente bibliométrica do CV" de Raquel Varela, informa hoje a instituição de ensino, através de um comunicado. 

A avaliação do currículo de Raquel Varela surgiu depois de o  Instituto de História Contemporânea ter identificado "erros" no documento  bibliográfico da historiadora, o que suscitou polémica na academia. 

Os dois elementos do Conselho Científico fizeram então uma avaliação formal da validade da lista de publicações constantes no CV, da sua bibliometria e correção na referenciação bibliográfica, concluindo que  "não existe matéria que comprometa a integridade da componente bibliométrica" do documento, ainda que tenham sido encontradas "algumas imprecisões". 

Do CV de Raquel Varela constam 82 artigos listados, dos quais 36 publicados entre 2016 e 2021 e 30 publicados em revistas indexadas na ISI Thompson, na Scopus e na CAPES Qualis A, refere a NOVA na nota, assinalando que Raquel Varela é autora ou editora de todas as publicações assinaladas, "não sendo sempre identificados todos os coautores ou coeditores".

Da análise feita, o Conselho Científico sublinha que "existem imprecisões relativamente a dois títulos, a duas datas e em algumas identificações de códigos de registo em publicações online e que se verificam "algumas redundâncias que resultam dos problemas conhecidos de sincronização automática entre as diversas plataformas utilizadas (CienciaVitae, Scopus, Kudus, ORCID, PURE, etc.), que dão origem a duplicações de entradas". 

Apesar das imprecisões encontradas, "a avaliação realizada conclui que os alegados erros identificados pela Direção do IHC não comprometem a integridade da componente bibliométrica do CV em apreço". 

Já quanto à avaliação da candidatura de Raquel Varela à 4.ª edição do Concurso para o Estímulo ao Emprego Científico (CEEC) Individual, da Fundação para a Ciência e Tecnologia, "a mesma compete unicamente ao júri especializado desse concurso, regra de qualquer processo concursal", realça, por fim, a NOVA. 

Confrontada com a polémica, Raquel Varela usou as redes sociais para se defender, negando existirem erros no seu CV e anunciando que avançaria judicialmente contra o jornal Público, que escreveu um artigo sobre o tema. 

Leia Também: Alegados erros “não comprometem integridade" do CV de Raquel Varela

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório