Meteorologia

  • 25 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 7º MÁX 15º

Edição

AO MINUTO: Bolsonaro impedido de entrar em estádio; 182 óbitos no Brasil

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19.

AO MINUTO: Bolsonaro impedido de entrar em estádio; 182 óbitos no Brasil

O objetivo de ter 85% da população de Portugal continental completamente vacinada contra a Covid-19 foi atingido, ontem, anunciou o ministério da Saúde. Foram administradas, em Portugal continental, cerca de 15,3 milhões de vacinas, possibilitando que 8,4 milhões de pessoas tenham agora o esquema vacinal completo. O país tornou-se assim o primeiro país do mundo a atingir a meta de 85% da população vacinada.

Graça Freitas sublinhou que era "um dia feliz". "Atingimos, de facto, a nossa meta de vacinar contra a Covid-19, com a vacinação completa, 85% da nossa população", disse a diretora-geral da Saúde, ressalvando que tal foi conseguido "dando uma oportunidade a todos, sem distinção de ninguém, de se poderem vacinar".

Portugal somou, segundo os dados mais recentes fornecidos pelas autoridades de saúde, mais 499 casos de Covid-19 e sete óbitos. Desde o início da pandemia, em março de 2020, a Direção-Geral da Saúde (DGS) registou um total de 1.075.312 casos de infeção e 18.041 mortes associadas à doença. 

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

00h00 - Suspendemos aqui o registo de hoje. O acompanhamento será retomado na manhã de segunda-feira.

23h28 - "Tenho mais anticorpos do que quem tomou a vacina", diz Bolsonaro

Jair Bolsonaro, o presidente do Brasil, revelou que foi impedido de assistir ao jogo de futebol entre o Santos e o Grêmio, este domingo, no Vila Belmiro, em São Paulo, por não estar vacinado.

"Porquê o certificado da vacina? Eu queria ver o jogo do Santos. Disseram-me que tenho de estar vacinando. Porquê? Tenho mais anticorpos do que quem tomou a vacina", disse o governante num encontro com populares.

22h50 - Brasil notifica mais 182 óbitos e 8.639 novos casos de infeção

As autoridades de Saúde brasileiras reportam, este domingo, mais 8.639 casos de infeção por novo coronavírus, uma descida em relação ao dia anterior (16.451). São ainda confirmadas mais 182 mortes associadas à doença, também uma descida em relação à véspera (404).

21h05 - Angola anuncia quatro óbitos, 133 casos novos e 86 recuperados

Angola registou, nas últimas 24 horas, quatro óbitos associados à Covid-19, 133 novas casos de infeção pelo novo coronavírus e 86 pessoas recuperadas, segundo o boletim epidemiológico da Direção Nacional de Saúde Pública.

20h56 - França reporta 3.991 casos e oito mortes no último dia

A França registou este domingo mais 3.991 infeções por novo coronavírus, um número abaixo do reportado no dia anterior (4.734). No total, já foram identificados 7.056.511 casos positivos, de acordo com dados da Instituição de Saúde Pública de França.

20h30 - Madeira regista sete novos casos e 87 situações ativas
 
A Madeira registou sete novos casos de Covid-19, todos de transmissão local, nas últimas 24 horas, estando sinalizadas 87 situações ativas e sete pessoas hospitalizadas no arquipélago, anunciou hoje a Direção Regional de Saúde (DRS).

20h05 - Moçambique com 22 novos casos e sem registo de mortes

Moçambique registou hoje 22 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, sem registo de mortes e com 26 recuperados, anunciou o Ministério da Saúde no boletim diário de atualização sobre a pandemia.

20h02 - Cabo Verde com mais 18 infetados em 24 horas

Cabo Verde registou 18 infetados com o novo coronavírus responsável pela pandemia de Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando para 37.888 o acumulado de casos desde março de 2020, divulgou hoje o Ministério da Saúde.

18h23 - Pfizer vai vacinar toda a população de cidade brasileira para estudo

No município de Toledo, no Brasil, 98% dos residentes acima dos 12 anos de idade, cerca de 121 mil pessoas, já recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19, de acordo com as autoridades locais, sendo que a maioria recebeu o fármaco da Pfizer.

A farmacêutica aproveitou, assim, a oportunidade para anunciar que vacinará todos residentes acima dos 12 anos de idade por forma a levar a cabo um estudo sobre a segurança e eficácia do seu fármaco, segundo a Agência Brasil.

18h00 - Nos EUA, mais de 140 mil crianças ficaram órfãs por causa da Covid-19

Nos Estados Unidos, mais de 140 mil crianças perderam o único responsável pelo seu cuidado (o pai, a mãe ou um dos avós) por causa da Covid-19, de acordo com informação revelada na semana passada pelo Centro de Prevenção e Controlo de Doenças (CDC). 

17h06 - Reino Unido reporta 38 óbitos e 34.574 novos casos

O Reino Unido registou 38 mortes e 34.574 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com o reportado este domingo pelo Departamento de Saúde e de Assistência Social britânico. Os dados, sublinhe-se, não incluem os registos do País de Gales devido a falha técnica.

16h45 - Itália reporta mais 27 óbitos. Total de infeções ultrapassa 4,7 milhões

As autoridades de Saúde italianas notificaram este domingo o registo de mais 2.278 novos casos de infeção por novo coronavírus, uma descida em relação ao dia anterior (2.748). As autoridades notificam ainda mais 27 óbitos referentes às últimas 24 horas, também uma descida em relação à véspera (46).

14h45 - Vacinas contra a gripe "podem não ser tão eficazes"

As vacinas contra a gripe deste ano "podem não ser tão eficazes" como no passado, afirmou o professor Martin Marshall, presidente do Royal College of GPs, à Sky News.

De acordo com o especialista, o vírus da gripe irá circular, este ano, numa população "despreparada" e com pouca imunidade, visto que, quase não tivemos gripe no inverno passado, devido ao confinamento e às medidas de proteção.

14h27  -  Portugal regista 499 novos casos de Covid-19 e mais sete mortes

As autoridades de saúde portuguesas reportaram, este domingo, mais 499 casos de Covid-19 e sete mortes devido à doença. O número total de infeções, desde que a pandemia atingiu o nosso país, sobe assim para 1.075.312. Já o número de óbitos registados até agora é de 18.041.

O número de internados, que ontem tinha recuado, voltou a subir. Estão mais 13 pessoas hospitalizadas nas enfermarias portuguesas devido ao SARS-CoV-2, num total de 334, 55 delas em Unidades de Cuidados Intensivos.

13h48 - Trabalhadores devem ficar em casa se não se sentirem bem

Numa altura em que começa a época as gripes, a diretora-executiva da Agência de Segurança de Saúde do Reino Unido, Jenny Harries, pediu às empresas que, em caso de sintomas de Covid-19 ou gripe, estes incentivem os trabalhadores a ficarem em casa para não espalhar o vírus pelos restantes colegas.

13h20 - Moderna vendeu a maioria do stock de vacinas aos países ricos

A Moderna vendeu quase todo o stock de vacinas contra a Covid-19 a países ricos obtendo milhões e milhões de lucros, revela o The New York Times, este domingo.

Apenas um milhão de doses desta vacina foram para países considerados pobres, um número muito abaixo dos cerca de 8,4 milhões disponibilizados pela Pfizer e os 25 milhões da Johnson&Johnson.

12h54 - Pandemia matou pelo menos 4.843.739 pessoas em todo o mundo
 
A pandemia de covid-19 fez pelo menos 4.843.739 mortos no mundo desde o surgimento da doença na China, no final de 2019, segundo um balanço feito pela agência noticiosa France-Presse, com base em dados oficiais. Mais de 237.462.210 casos de infeção foram diagnosticados desde o início da pandemia. 

12h27 - "É preciso reforçar o apoio psicológico nas escolas e empresas"

O Diário de Notícias traz, este domingo, uma entrevista ao diretor do Programa Nacional para a Saúde Mental, Miguel Xavier. Para o responsável, "é preciso reforçar o apoio psicológico nas escolas e empresas".

12h00 - Multidão quebra regras em Sydney um dia antes da 'liberdade'

Poucas horas antes do 'dia da liberdade' as autoridades de Sydney foram chamadas a uma praia para dispersar centenas de pessoas que se juntaram, sem máscara ou distância física, para uma festa.

11h48 - Quem contrair Covid-19 e gripe este inverno "tem duas vezes mais riscos de morrer"

A diretora-executiva da Agência de Segurança de Saúde do Reino Unido, Jenny Harries, afirmou, este domingo, que quem contrair Covid-19 e gripe ao mesmo tempo este inverno "tem duas vezes mais riscos de morrer".

11h41 - Itália atinge meta e tem 80% da população vacinada

Itália atingiu a meta de vacinar totalmente 80% da população acima de 12 anos contra a Covid-19, revela hoje a Reuters.

11h30 - África com mais 178 mortes e 5.049 infetados

África registou 178 mortes associadas à Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando para 213.877 o total de óbitos desde o início da pandemia, e 5.409 novos contágios, de acordo com os dados oficiais mais recentes.

10h51 - Especialistas alertam para menor imunidade à gripe

A diretora-executiva da Agência de Segurança de Saúde do Reino Unido, Jenny Harries, alertou, tal como já tinham feito outros especialistas, para a "menor imunidade à gripe, este ano". De acordo com a responsável, além do vírus contar com várias mutações, a população esteve durante mais de um ano protegida pelas máscaras e gel desinfetante. Por essa razão, Jenny Harries pede a todos os que os grupos prioritários que se vacinem contra a gripe.

10h28 - Malásia abre ao turismo

A Malásia abriu ao turismo local e internacional, este domingo, depois de o país ter atingido a meta de inocular 90% da sua população adulta. A partir de agora as viagens para e da Malásia estão disponíveis para qualquer pessoa, desde que totalmente vacinada contra a Covid-19.

09h53 - Reclusos exigem regresso ao modelo de duas visitas semanais
 
A Associação Portuguesa de Apoio ao Recluso (APAR) defende o fim das restrições às visitas aos reclusos impostas pela Covid-19 exigindo o regresso imediato das duas visitas semanais com duração de uma hora cada. Em comunicado, a APAR salienta que os reclusos das cadeias portuguesas estão desde março de 2020 apenas com uma visita semanal de meia hora, indicado que, a par da curta duração, estas estão ainda limitadas pelas barreiras de acrílico, que impedem os familiares de os tocar e dificultam as conversas.

08h54 - Inglaterra já deu mais de dois milhões de doses de reforço

Mais de dois milhões de pessoas já receberam a injeção de reforço do coronavírus em Inglaterra até agora. As injeções de reforço estão a ser administradas pelo menos seis meses após a segunda dose. Segundo o NHS confirmou no sábado, três semanas após o início do programa de reforço já foram administradas um total de 2,08 milhões de terceiras doses. Estes números incluem reforços e doses dadas a pessoas com sistema imunológico gravemente enfraquecido que podem não ter montado uma resposta forte às doses iniciais.

08h10 - Pai da bomba atómica no Paquistão morre aos 85 anos.

Abdul Qadeer Khan, pai da bomba atómica no Paquistão e considerado herói nacional, morreu aos 85 anos, após ter testado positivo à Covid-19 e ter sido hospitalizado várias vezes desde agosto, anunciaram hoje as autoridades paquistanesas.

08h00 - Alemanha registou mais 7.612 casos e 24 mortes por Covid-19

As autoridades alemãs reportaram mais 7.612 casos de Covid-19 e 24 mortes, este domingo. De acordo com os dados revelados pelo Instituto Robert Koch, o país chega assim ao total de 4.310.273 casos de infeção e aos 94.202 óbitos. A taxa de incidência de sete dias voltou a aumentar ligeiramente, sendo agora 66,1 por 100 mil habitantes. Ontem era 64,4 e há uma semana também estava pelos 64,2.

07h49 - China deteta 24 novos casos de Covid-19, todos oriundos do exterior

A China detetou 24 casos de Covid-19, nas últimas 24 horas, todos oriundos do estrangeiro, anunciaram hoje as autoridades de saúde do país. A Comissão de Saúde da China adiantou que o número total de casos ativos é de 731, entre os quais um encontra-se em estado grave.

07h40 - Alcoitão trata há mais de um ano sequelas graves deixadas pela Covid-19
 
Chegam sem andar, com muita dificuldade em falar e respirar ao centro de reabilitação de Alcoitão, que há mais de um ano trata as sequelas mais graves deixadas pela Covid-19 e pelos meses de internamento em cuidados intensivos. Em maio de 2020, quando se deu a "grande expansão da pandemia em Portugal", o Centro de Medicina de Reabilitação de Alcoitão, no concelho de Cascais, começou a receber e a dar resposta a estes doentes, disse à Lusa o diretor do Serviço de Reabilitação de Adultos, Jorge Jacinto.

07h26 - Fernanda tem "medo de sair de casa" após 10 dias em coma devido à Covid

Tremor constante, visão turva, cansaço e falta de memória levaram Fernanda, 33 anos, à consulta pós-Covid no Centro Hospitalar Lisboa Central que, desde maio, acompanhou 700 doentes com sequelas que incluem situações de stress pós-traumático. Diagnosticada com Covid-19 em agosto, Fernanda esteve internada 30 dias, 10 dos quais entubada e em coma, uma experiência que disse ter sido muito traumática e que a leva a ter "muito medo de sair de casa" com receio de voltar a ficar doente. 

07h11 - CHULC alarga consulta pós-Covid aos centros de saúde
 
O Centro Hospitalar Universitário Lisboa Central (CHULC) vai alargar a consulta pós-Covid e a referenciação aos centros de saúde para dar resposta aos doentes identificados pelos médicos de família como tendo sequelas da Covid-19. A Clínica de Atendimento Pós-Covid (CAP-Covid) do CHULC, com sede no Hospital de Santa Marta, surgiu em maio para dar uma resposta aos doentes com Covid-19 que estiveram internados no centro hospitalar e que apresentem sequelas da doença, com grandes limitações.
  

07h19 - Enquanto dormia: 

07h00 - Bom dia, iniciamos um novo registo de acompanhamento da pandemia. Pode recordar o anterior aqui.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório