Meteorologia

  • 27 NOVEMBRO 2022
Tempo
12º
MIN 8º MÁX 19º

Lusodescendente condenado a 14 anos de prisão por violar prostitutas

Homem, de 25 anos, terá ainda violado uma amiga.

Lusodescendente condenado a 14 anos de prisão por violar prostitutas
Notícias ao Minuto

12:35 - 04/10/21 por Notícias ao Minuto

País Violação

Um cidadão com nacionalidade portuguesa, de 25 anos, que vive na Suíça, foi condenado a 14 anos e meio de prisão e a 13 de expulsão do país, por vários crimes, entre os quais violação.

O jovem tinha sido condenado o ano passado a 13 anos de prisão, mas viu a sua pena ser agravada pelo Supremo Tribunal de Zurique, depois de ter pedido recurso.

Conta o site ‘Portugueses na Suíça’ que a acusação, de 30 páginas, enumera 22 infrações diferentes, sendo a violação e agressão sexual as mais graves.

De acordo com o documento, o homem, filho de um turco e de uma portuguesa, tinha apenas 22 anos quando forçou duas prostitutas a fazerem-lhe sexo oral e vaginal. A uma das mulheres, o lusodescendente terá mesmo tentado sufocar, batendo-lhe e tendo-lhe mordido.

O agora condenado foi ainda acusado de ter violado uma amiga, numa noite de copos. Algum tempo depois, roubou quase 200 euros a uma prostituta.

Um relatório psiquiátrico revelou que o homem sofre de distúrbio de personalidade com “risco elevado de reincidência para novos delitos sexuais e violentos”.

Já o lusodescendente garante que está inocente e negou os ataques. Quando o juiz lhe perguntou por que razão quatro mulheres, desconhecidas entre si, o acusavam, este respondeu que se tratava de uma “conspiração com patrocinadores desconhecidos”.

Leia Também: Vítima de violação este verão no Porto diz que é como se tivesse morrido

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório