Meteorologia

  • 26 NOVEMBRO 2021
Tempo
11º
MIN 7º MÁX 15º

Edição

Apreendidas mais de três mil munições e armas na Guarda

Foi apreendida, inclusive, uma bengala que continha uma arma dissimulada. Armas foram encontradas dentro de uma casa e GNR está a tentar descobrir quem é o legítimo proprietário.

Apreendidas mais de três mil munições e armas na Guarda

A Guarda Nacional Republicana (GNR) apreendeu esta quinta-feira mais de três mil munições e várias armas, no concelho da Guarda.

Em comunicado enviado às redações, a autoridade responsável refere que foi solicitado apoio por parte de um agente de execução, devido à existência de uma considerável quantidade de armas e munições no interior de um imóvel.

Os militares deslocaram-se para o local onde constataram a existência de diversas armas de fogo, uma arma proibida e mais de três mil munições de diferentes calibres, tendo sido apreendidas de forma cautelar. Em causa estão, nomeadamente: uma bengala que continha uma arma dissimulada;  oito caçadeiras;  quatro armas de ornamentação; três carabinas;  uma pistola de sinalização, 20 zagalotes e 3.044 munições de diversos calibres.

A GNR acrescenta que desenvolve diligências no sentido de identificar o legítimo proprietário das armas que, depois de apreendidas, foram  entregues à Polícia de Segurança Pública (PSP) da Guarda, para peritagem e classificação das mesmas.

A GNR aproveita para relembrar que, de acordo com o Regime Jurídico das Armas e Munições, quem, sem se encontrar autorizado, detiver, transportar, guardar, comprar ou adquirir qualquer arma elencada no n.º 1 do Artigo 86.º do mesmo diploma, "encontra-se a incorrer no crime de posse de arma proibida".

Leia Também: Apreendidos 59 fardos de haxixe em águas internacionais a Sul de Portugal

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório