Meteorologia

  • 25 JUNHO 2022
Tempo
23º
MIN 15º MÁX 23º

Vacinação de professores é "absolutamente central" para o 3.º período

Governo quer vacinar, só este fim de semana, entre 65 a 70 mil profissionais.

Vacinação de professores é "absolutamente central" para o 3.º período
Notícias ao Minuto

11:38 - 28/03/21 por Notícias ao Minuto

País Brandão Rodrigues

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, marcou hoje presença numa escola em Faro, onde prossegue o 2.º dia de vacinação dos professores e pessoal não docente do pré-escolar e do primeiro ciclo.

O ministro afirmou que o processo está a decorrer com "normalidade" e que a vacinação é "o melhor para os profissionais" da Educação.

"Trabalhamos todos os dias para que estes possam ter as melhores condições para que o sistema educativo seja robusto e para que as famílias se sintam confiantes quando entregam os seus filhos a cada uma das nossas escolas", afirmou, referindo que a vacinação destes profissionais é "absolutamente central" para a normalidade do 3.º período.

Questionado se o receio em torno da administração da vacina da AstraZeneca levou muito profissionais da área a não quererem ser inoculados, Tiago Brandão Rodrigues disse crer "que os receios foram postos de lado".

"[A vacina] teve um pequeno tropeço mas depois do que as autoridades internacionais e europeias disseram não deve restar dúvida: a vacina é segura", garantiu, fazendo saber que o próprio, quando for vacinado, sê-lo-á com esta mesma vacina.

Durante este fim-de-semana, recorde-se, deverão ser vacinados com a primeira dose da vacina "entre 65 e 70 mil professores, porque alguns já tiveram covid e não estão elegíveis ou por um ou outro motivo não quiseram ser vacinados, o que representa cerca de 1% a 2%". 

Leia Também: Covid-19: 27 mil profissionais das escolas já vacinados

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório