Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2021
Tempo
12º
MIN 12º MÁX 15º

Edição

"Exposição é preço que a Constança vai ter de pagar para encontrar ajuda"

Pai e irmã de Constança agradeceram apoio que têm recebido, inclusivamente a nível monetário.

"Exposição é preço que a Constança vai ter de pagar para encontrar ajuda"

O pai e a irmã de Constança Braddell estiveram esta manhã no programa 'Casa Feliz', da SIC Notícias, para partilhar um pouco mais da luta da jovem de 24 anos contra a fibrose quística.

O pai Pedro Salvador Marques afirmou que o seu objetivo "não é culpabilizar ninguém, mas apenas encontrar uma solução" para a sua filha e congratulou-se por "este ruído" em torno do caso estar já a contribuir para que as coisas avancem.

A história de Constança Braddell tornou-se conhecida na semana passada, depois de a jovem ter partilhado no Instagram um pedido de ajuda desesperado e que deu origem a uma petição que já foi entregue na Assembleia da República.

A partilha da sua história terá sido incentivada por amigas da jovem que só recentemente perceberam a gravidade da situação e a incentivaram a partilhar a sua luta. "Elas ficaram alarmadas e incutiram nela a atitude de se expor e conseguir o que não estávamos a conseguir", conta o pai.

"A exposição é o preço que a Constança vai ter de pagar mas foi a única forma que encontrámos para conseguir ajuda", confessa.

Depois do caso se ter tornado mediático, o Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte decidiu submeter ao Infarmed cinco pedidos de Autorizações de Utilização Excecional (AUE) de um tratamento inovador para doentes com fibrose quística, o Kaftrio.

Ao decidir submeter os pedidos de utilização do medicamento inovador, Constança e os outros quatro doentes que sofrem de fibrose quística receberam uma nova dose de esperança.

A família da jovem confessou hoje, inclusive, que as pessoas responsáveis por Constança no Hospital Santa Maria já revelaram que a primeira fase do tratamento foi aprovada. Contudo, esta é uma informação que poderá ainda depender de questões burocráticas e levar algum tempo.

O tratamento em causa, o Kaftrio, não está disponível em Portugal e não pode ser administrado no nosso país sem autorização do Infarmed.

"Kaftrio/Trikafta é um medicamento 'Life Changing', o único que me pode salvar. O Kaftrio já está disponível em vários países. Este medicamento não é a cura, mas tem a capacidade de prolongar a vida de um paciente com fibrose quística. Pode prolongar a minha vida. Eu posso viver, voltar a viver", escreveu Constança no seu pedido de ajuda, que foi partilahdo milhares de vezes.

Leia Também: Fibrose quística. Infarmed garante que não recebeu pedido de medicamento

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório