Meteorologia

  • 02 DEZEMBRO 2021
Tempo
15º
MIN 10º MÁX 15º

Edição

Covid-19: Surto em lar de Estremoz com cinco mortos

Um surto de covid-19 no Lar Recolhimento de Nossa Senhora dos Mártires, em Estremoz (Évora), já infetou 71 pessoas, entre utentes e funcionários, tendo morrido cinco idosos, revelou hoje fonte da instituição.

Covid-19: Surto em lar de Estremoz com cinco mortos
Notícias ao Minuto

19:14 - 03/02/21 por Lusa

País Covid-19

A mesma fonte indicou à agência Lusa que o novo coronavírus SARS-CoV-2, que provoca a covid-19, infetou 56 dos 60 utentes deste lar - incluindo as cinco vítimas mortais -, pelo que só quatro idosos é que "estão negativos", encontrando-se separados dos restantes.

As cinco mortes, três mulheres e dois homens, foram registadas desde sábado, explicou a fonte, acrescentando que, relativamente aos infetados, quatro homens e uma mulher estão internados no Hospital do Espírito Santo de Évora.

O surto de covid-19 no Lar Recolhimento de Nossa Senhora dos Mártires, o primeiro que é registado numa estrutura residencial para pessoas idosas no concelho de Estremoz, infetou igualmente 15 funcionários.

Os primeiros casos na instituição foram detetados na quinta-feira, quando surgiram "sete utentes com sintomas", após terem sido feitos alguns testes rápidos para "constatar se existia algum surto", tendo surgido "dois utentes e dois funcionários positivos".

Na segunda-feira, de acordo com a fonte, foram testados todos os utentes e funcionários do lar, sendo que, dos 54 funcionários, 15 fizeram teste com resultado positivo para a SARS-CoV-2, mais precisamente 14 mulheres e um homem.

"Os funcionários infetados estão em casa, em isolamento profilático", acrescentou.

A fonte da instituição referiu ainda que uma brigada de intervenção rápida, indicada através da Segurança Social, vai dar apoio ao lar.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.253.813 mortos resultantes de mais de 103,8 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 13.257 pessoas dos 740.944 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Leia Também: AO MINUTO: Demissões na Cruz Vermelha; Espanha passa as 60 mil mortes

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório