Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2021
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 15º

Edição

Total de infetados no lar da Misericórdia de Alcáçovas sobe para 27

O número total de infetados no surto de covid-19 no lar da Misericórdia de Alcáçovas subiu para 27, após confirmada a infeção em mais nove idosos e duas funcionárias, revelou hoje o provedor.

Total de infetados no lar da Misericórdia de Alcáçovas sobe para 27
Notícias ao Minuto

13:20 - 19/12/20 por Lusa

País Covid-19

Os novos 11 casos de infeção foram confirmados na sexta-feira, após terem sido feitos testes rápidos de despiste do vírus que provoca a doença covid-19 em vários idosos e nas duas funcionárias, disse à agência Lusa João Luís Penetra, provedor da Santa Casa da Misericórdia de Alcáçovas, no concelho de Viana do Alentejo, distrito de Évora.

Na sexta-feira, alguns idosos e as duas funcionárias manifestaram sintomas compatíveis com a doença e a Santa Casa da Misericórdia de Alcáçovas decidiu "ser proativa e agir mais rapidamente" e fazer testes rápidos, em vez de esperar pela nova testagem prevista ser realizada na próxima semana pela autoridade de saúde local, explicou.

Os testes rápidos feitos às duas funcionárias e aos utentes que manifestaram sintomas e a outros que partilhavam os mesmos espaços permitiram ao lar detetar os novos 11 casos de infeção e "atuar logo", frisou.

Para "tentar conter a disseminação da infeção", o lar separou os idosos que tiveram resultado positivo nos testes rápidos dos que não estão infetados e colocou-os em alas onde já estavam outros oito idosos infetados e retirou do serviço as duas funcionárias infetadas.

Os idosos infetados estão "devidamente isolados" no lar e os funcionários com infeções ativas estão em casa de quarentena e só "alguns" é que "têm sintomas ligeiros", indicou.

O surto de covid-19 no lar da Santa Casa da Misericórdia de Alcáçovas já infetou 27 pessoas, nomeadamente 17 utentes e 10 funcionários, disse o provedor, precisando que nove trabalhadores estão com infeções ativas e uma funcionária já recuperou.

Segundo João Luís Penetra, o surto terá tido origem num enfermeiro que presta serviços no lar e que teve resultado positivo num teste.

O enfermeiro informou "imediatamente" a Misericórdia de Alcáçovas, que ativou o plano de contingência do lar, contactou a autoridade de saúde pública e, no dia 07 deste mês, foram feitos os primeiros testes a todos os utentes e funcionários, o que permitiu detetar seis trabalhadores e uma utente infetados.

Uma segunda testagem feita esta semana e os testes rápidos realizados na sexta-feira permitiram detetar os restantes 20 casos de infeção.

Em Portugal, morreram 5.977 pessoas dos 366.952 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

O estado de emergência decretado em 09 de novembro para combater a pandemia de covid-19 em Portugal foi renovado até 07 de janeiro, com recolher obrigatório nos concelhos de risco de contágio mais elevado.

Leia Também: "Confirmou-se o pior cenário": Surto em lar de Mora com 50 infetados

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório