Meteorologia

  • 18 AGOSTO 2022
Tempo
31º
MIN 17º MÁX 32º

Mulher detida por organizar festas em bar ilegal da Amadora

Além desta detenção, a PSP deteve outras quatro pessoas, no espaço de dias, no mesmo concelho.

Mulher detida por organizar festas em bar ilegal da Amadora
Notícias ao Minuto

20:38 - 08/09/20 por Notícias Ao Minuto

País crimes

A PSP deteve, na Amadora, cinco homens suspeitos de quatro ilícitos criminais diferentes, entre os dias 27 de agosto e 6 de setembro.

Num comunicado enviado ao Notícias ao Minuto, a força de segurança explicou como ocorreu cada uma das situações.

As primeiras detenções ocorreram na área da Falagueira - Venda Nova, no dia 27 de agosto. Dois homens insurgiram-se contra os elementos policiais, através de ameaças, “utilizando também uma linguagem vernácula, hostil e injuriosa”, depois de serem advertidos que se encontravam a transgredir as medidas excecionais decretadas no âmbito da pandemia da Covid-19. Ambos foram detidos, “não havendo ninguém ferido com gravidade”, revelou a PSP.

A segunda ocorrência deu-se já no dia 28 de agosto, durante uma operação de fiscalização rodoviária na Avenida da República, na freguesia das Águas-Livres. Contam as autoridades que um motociclista, ao sair do interior da Cova da Moura, entrou em contramão, com o intuito de escapar à fiscalização. O homem foi intercetado já na rotunda de Timor Lorosae. Além de não ter carta de condução, pendia sobre o mesmo um mandado de detenção pelos crimes de sequestro, roubo e ofensa à integridade física qualificada. O cadastrado foi assim conduzido ao estabelecimento prisional, para o cumprimento de uma pena de prisão de 5 anos e oito meses.

Já na madrugada de domingo, dia 6 de setembro, os agentes de autoridade foram chamados a um café, na freguesia da Encosta do Sol. Ao chegarem ao local, encontraram um aglomerado de homens a consumir bebidas alcoólicas à porta e, no interior do estabelecimento, excesso de lotação. Ao advertirem os cidadãos do incumprimento dos normativos em vigor, devido à pandemia da Covid-19, os polícias foram alvo de ameaças e injúrias por um grupo de indivíduos que estava a abandonar o local, tendo a PSP detido um dos suspeitos.

Ainda no domingo, mas já à noite, as autoridades receberam várias chamadas a denunciar ruído vindo de um bar ilegal, situado na Estrada Militar, na freguesia das Águas Livres, onde recentemente foi identificado um ajuntamento, com cerca de 300 pessoas, que tentaram agredir os polícias aquando da sua intervenção.

Assim sendo, desta vez, foram para o local vários meios policias, que verificaram o “incumprimento reiterado da cidadã responsável pelo espaço” e detiveram a mesma. A mulher já foi, entretanto, notificada para comparecer no Tribunal Judicial da Comarca Lisboa-Oeste – Juízos da Amadora.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório