Meteorologia

  • 05 AGOSTO 2020
Tempo
30º
MIN 19º MÁX 34º

Edição

GNR presta última homenagem a militar que morreu após acidente na A1

"Hoje prestámos a última homenagem ao nosso Guarda Carlos Pereira, junto dos seus familiares, amigos e camaradas", escreveu a Guarda Nacional Republicana.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) prestou este sábado a última homenagem ao militar Carlos Pereira, com cerca de 30 anos, que morreu após ter estado envolvido num acidente na Autoestrada 1 (A1), na passada terça-feira. O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, esteve presente na cerimónia. 

"A Guarda Nacional Republicana está de luto. Hoje prestámos a última homenagem ao nosso Guarda Carlos Pereira, junto dos seus familiares, amigos e camaradas", pode ler-se numa mensagem colocada no Facebook oficial da Autoridade. 

"Neste momento de sofrimento e luto, o nosso pensamento está com a família enlutada e com os militares do Comando Territorial de Santarém, em especial os que servem a Guarda no Destacamento de Trânsito, a quem transmitimos as nossas sinceras condolências e muito sentida solidariedade", é ainda afirmado.

Recorde-se que Carlos Pereira foi um dos cinco feridos com gravidade na sequência de uma colisão entre um automóvel e um carro-patrulha da GNR, na A1, no sentido Norte-Sul, entre o nó de Torres Novas e área de serviço de Santarém.

O acidente ocorreu ao quilómetro 85 da autoestrada, pelas 11h36, quando a GNR "estaria a sinalizar o local". No local, a responder ao acidente, estiveram 32 operacionais apoiados por 13 viaturas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório