Meteorologia

  • 04 ABRIL 2020
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 19º

Edição

Lares privados quase sem registos de infeções tentam ter mais proteção

A associação de lares privados adiantou hoje que os seus associados, à exceção do caso de Famalicão, continuam sem registos de covid-19 em doentes e funcionários e espera ter em breve solução para adquirir equipamento de proteção.

Lares privados quase sem registos de infeções tentam ter mais proteção
Notícias ao Minuto

20:55 - 24/03/20 por Lusa

País Covid-19

Em declarações à Lusa, o presidente da ALI - Associação de Apoio Domiciliário, de Lares e Casas de Repouso de Idosos, João Ferreira de Almeida, sublinhou que a ausência de infeções entre doentes e profissionais dos lares, à exceção do caso de Famalicão, no distrito de Braga, que ficou sem funcionários devido a casos de infeção com o novo coronavírus, que provoca a doença Covid-19, é, provavelmente, temporária.

"Acho que vai ser uma questão de tempo. Pela natureza da nossa atividade temos um risco acrescido muito grande", disse, referindo que a apesar da proibição das visitas, há uma entrada e saída diária de funcionários, como as pessoas que asseguram a limpeza, e que circulam, em muitos casos, em transportes públicos.

Sobre a falta de equipamento de proteção individual com a qual os profissionais dos lares se confrontam atualmente, João Ferreira de Almeida referiu esperar em breve uma solução para adquirir equipamento como máscaras e luvas, não querendo adiantar mais pormenores sobre como isso poderá acontecer ou quando.

Em Portugal, há 33 mortes, mais 10 do que na véspera, e 2.362 infeções confirmadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, que regista 302 novos casos em relação a segunda-feira (mais 14,7%).

Dos infetados, 203 estão internados, 48 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 22 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 02 de abril.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 400 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 18.000.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório