Meteorologia

  • 25 FEVEREIRO 2020
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 17º

Edição

Marcelo reúne-se hoje com Presidente e primeiro-ministro indianos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai reunir-se hoje com o seu homólogo indiano, Ram Nath Kovind, e com o primeiro-ministro Narendra Modi, em Nova Deli, durante a sua visita de Estado à Índia.

Marcelo reúne-se hoje com Presidente e primeiro-ministro indianos
Notícias ao Minuto

06:00 - 14/02/20 por Lusa

País Índia

Marcelo Rebelo de Sousa chegou na quinta-feira à capital indiana, para uma visita com um programa concentrado em três dias em que passará por Nova Deli, Mumbai e Goa.

Hoje, pelas 11:00 locais (05:30 em Lisboa), será recebido por Ram Nath Kovind no Palácio Presidencial, numa cerimónia oficial de boas-vindas com honras militares. A reunião entre os dois acontecerá mais tarde, ao fim do dia, antes de um banquete de Estado.

Durante a manhã, o Presidente da República vai também deslocar-se ao Memorial de Mahatma Gandhi, onde deporá uma coroa de flores, e terá um encontro de trabalho com o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, seguido de almoço.

À tarde, irá encontrar-se com o vice-presidente da República da Índia, Venkaiah Naidu, após inaugurar uma instalação da artista portuguesa Joana Vasconcelos intitulada "O Bule", no Museu Nacional.

Ainda hoje, pelas 23:00 locais (17:30 em Lisboa), Marcelo Rebelo de Sousa viajará de Nova Deli para Mumbai, o centro económico da Índia, e de lá para o estado de Goa, último ponto da sua visita de Estado à Índia, que termina no domingo.

Na quinta-feira, à chegada a Nova Deli, o Presidente da República afirmou que esta visita se enquadra numa "fase mais executiva" das relações bilaterais e tem como objetivo abrir caminho a "projetos concretos com avanços concretos".

Questionado sobre a linha nacionalista hindu do Partido do Povo Indiano (BJP), a que pertencem o primeiro-ministro e o Presidente da Índia, e a contestação que tem gerado, o chefe de Estado começou por responder que normalmente não comenta "problemas da política interna dos países que visito".

Depois, considerou que Portugal e Índia têm "conjugado esforços permanentemente" no plano multilateral em defesa de "perspetivas que são comuns" como o multilateralismo, a defesa dos direitos humanos e do direito internacional e o primado da dignidade das pessoas".

"Índia e Portugal, temos estado juntos na afirmação desses princípios, que não deixarão de ser reafirmados pelos dois países durante esta visita", acrescentou.

Acompanham o Presidente da República nesta deslocação o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, os secretários de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, e da Defesa Nacional, Jorge Seguro Sanches, e deputados de vários partidos.

Portugal e a Índia têm relações históricas com mais de 500 anos, que remontam à chegada do navegador Vasco da Gama ao subcontinente, em 1498.

As relações diplomáticas estiveram cortadas durante perto de vinte anos, durante o período do Estado Novo, e foram restabelecidas após o 25 de Abril de 1974, quando Portugal reconheceu a plena soberania da Índia sobre os antigos territórios portugueses de Goa, Damão, Diu, Dadrá e Nagar Aveli.

Esta será a 17.ª visita de Estado de Marcelo Rebelo de Sousa e a segunda a um país asiático, depois da República Popular da China, onde esteve no ano passado.

Antes de Marcelo Rebelo de Sousa, fizeram visitas de Estado à Índia os presidentes da República Mário Soares, em 1992, e Aníbal Cavaco Silva, em 2007.

O primeiro-ministro, António Costa, que tem raízes goesas, fez em janeiro de 2017 uma visita à Índia que teve caráter de Estado, recebeu Narendra Modi em Portugal em junho desse mesmo ano e regressou a Nova Deli em dezembro passado, como convidado de honra das cerimónias do 150.º aniversário do nascimento de Mahatma Gandhi.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório