Meteorologia

  • 28 MARçO 2020
Tempo
14º
MIN 9º MÁX 20º

Edição

Ministra do Mar não considera essencial comissão específica para setor

A ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, considerou hoje que a criação de uma comissão parlamentar específica para as políticas do mar pode dar maior visibilidade ao setor, mas não é essencial para o empenho dos deputados.

Ministra do Mar não considera essencial comissão específica para setor

A criação de uma comissão parlamentar permanente para as políticas do mar, exigida numa petição on-line lançada hoje, "não é essencial para que a Assembleia da República dê importância a esses assuntos", disse à agência Lusa a ministra do Mar, Ana Paula Vitorino.

A ideia foi retomada pelo ex-deputado do CDS-PP José Ribeiro e Castro que já em 2011 lançou, juntamente com outras personalidades, uma petição pública com o mesmo objetivo.

Mas para a ministra, o facto de o mar poder integrar comissões mistas como as "da agricultura, ou da economia, ou do ambiente não é condicionador de nenhuma postura", já que, para Ana Paula Vitorino, o essencial é que "a comissão que tiver o mar tenha deputados empenhados "e que não vão para esse setor como uma segunda escolha".

A ministra reconhece que a criação de uma comissão específica poderá contribuir para "dar visibilidade" ao setor, mas considera, ainda assim, que se os deputados "se empenharem de facto" poderão alcançar o mesmo resultado, afirmou recordando o trabalho desenvolvido enquanto deputada de uma comissão parlamentar que juntava os setores da agricultura e do mar.

Ana Paula Vitorino falava na Nazaré onde hoje visitou um centro biomarinho que irá albergar uma maternidade de bivalves onde será feita a criação de amêijoa nativa em larga escala, num investimento de 3,4 milhões de euros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório