Meteorologia

  • 22 JANEIRO 2020
Tempo
MIN 7º MÁX 13º

Edição

Ministério Público vai investigar negócio das golas inflamáveis

As golas foram compradas pela Proteção Civil a uma empresa que pertence ao marido de uma autarca socialista.

Ministério Público vai investigar negócio das golas inflamáveis
Notícias ao Minuto

17:36 - 30/07/19 por Notícias Ao Minuto 

País Golas inflamáveis

O Ministério Público determinou a instauração de um inquérito ao negócio da compra das polémicas golas inflamáveis.

A notícia foi avançada, na tarde desta terça-feira, pelo Jornal de Notícias que questionou a Procuradoria-Geral da República

A polémica estalou quando foi noticiado que as golas de proteção do fumo dadas às povoações das zonas de risco, para usarem durante os incêndios, são feitas de material inflamável.

A somar a este facto foi também noticiado que as golas haviam custado ao erário público um valor elevado, sendo que não foi aberto nenhum concurso público, tendo a adjudicação sido feita à empresa Foxtrot Aventura, cuja sede fiscal é no Parque de Campismo Barragem da Queimadela.

Ainda a propósito desta empresa, ficou a saber-se que a mesma foi constituída apenas 18 meses antes do lançamento do programa ‘Aldeia Segura, Pessoas Seguras’, é uma empresa cuja área de atuação é o Turismo e ainda que pertence ao marido de uma autarca do PS.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório