Meteorologia

  • 17 OUTUBRO 2019
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 22º

Edição

Escritora sente "repulsa e pena" por quem se manifesta

Em entrevista ao ‘Bom dia Portugal’, da RTP1, Margarida Rebelo Pinto afirmou, este sábado, que sente “repulsa e pena” pelos portugueses que se manifestam. A escritora acredita que estamos perante uma “falta de responsabilidade civil, falta de memória e falta de inteligência” e que “não é este Governo o responsável pela ultraprecária situação económica que Portugal vive neste momento”.

“Fico profundamente triste enquanto cidadã portuguesa em ver este tipo de manifestações que demonstram falta de civismo das pessoas que vão interromper e tentar perturbar o trabalho daqueles que, neste momento, governam o País”. A afirmação de Margarida Rebelo Pinto, proferida este sábado no programa ‘Bom dia Portugal’, da RTP1, está a causar polémica.

Nas redes sociais, circula o vídeo em que a escritora admite, a partir do minuto sete, sentir “repulsa e pena” pelos portugueses que se manifestam, numa atitude que, nas suas palavras, demonstra “falta de responsabilidade civil, falta de memória e falta de inteligência”.

Para a escritora que acabou de lançar o seu 19º livro, ‘Há sempre uma primeira vez’, “não é este Governo o responsável pela ultraprecária situação económica que Portugal vive neste momento. Houve vários governos antes com várias medidas suicidas a longo prazo que nos puseram onde nós estamos”.

Margarida Rebelo Pinto acrescentou, ainda, que “não é com esta atitude de treinador de bancada, ir para lá e mandar vir, que as coisas se resolvem”.

“Eu, como todos os cidadãos, também tive cortes. Todos ganhamos menos e todos temos de aprender a ganhar menos”, reforçou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório