Meteorologia

  • 18 JANEIRO 2019
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 13º

Edição

Helicóptero do INEM desaparece em Valongo com quatro pessoas a bordo

INEM confirma desaparecimento do aparelho.

Helicóptero do INEM desaparece em Valongo com quatro pessoas a bordo
Notícias ao Minuto

21:17 - 15/12/18 por Natacha Nunes Costa com Lusa 

País Macedo de Cavaleiros

Um helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) desapareceu dos radares, este sábado, em Valongo, com quatro pessoas a bordo. A SIC Notícias adianta que o aparelho terá caído numa zona montanhosa na freguesia de Campo. Contudo, segundo o INEM, "a aeronave ainda não foi localizada nem há qualquer informação sobre os tripulantes".

De acordo com o comunicado enviado pelo INEM ao Notícias ao Minuto, o helicóptero em questão regressava à sua base, em Macedo de Cavaleiros, distrito de Bragança, após ter realizado uma missão de emergência médica de transporte de um doente grave para o Hospital de Santo António, no Porto.

O último contacto com o aparelho foi registado por volta das 18h30, na zona de Valongo. A bordo do helicóptero de emergência médica seguiam dois pilotos e uma equipa médica, composta por médico e enfermeiro.

Neste momento decorrem buscas junto à aldeia de Couce, concelho de Valongo, envolvendo vários meios de Proteção Civil, com vista a localizar o helicóptero Augusta A109S, operado pela empresa Babcock. 

Segundo a Proteção Civil, estão envolvidos nas buscas os bombeiros de Valongo e de Santa Maria do Zêzere, com 4 veículos e 11 operacionais, estando a caminho meios do INEM e um helicóptero da Força Aérea.

A mesma fonte da Proteção Civil disse à agência Lusa que não foi ainda uma definida uma zona concreta para o desaparecimento da aeronave, mas as autoridades estão a "tentar reduzir ao máximo" o perímetro das buscas nas imediações da aldeia de Couce, no concelho de Valongo.

Aeronave regressava à base depois de fazer o transporte de um doente grave

O helicóptero em questão regressava à sua base, em Macedo de Cavaleiros, distrito de Brangança, depois de realizar uma missão de emergência médica de transporte de uma mulher, de 76 anos, com problemas cardíacos graves, do Hospital de Bragança para o Hospital de Santo António, no Porto.

O transporte teve início às 15h30, altura em que o helicóptero levantou voo da sua base para o Hospital de origem do doente, tendo o mesmo sido entregue aos cuidados das equipas médicas do hospital de Santo António cerca das 18h10.

[Notícia atualizada às 23h06]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório