Meteorologia

  • 18 JULHO 2024
Tempo
26º
MIN 17º MÁX 33º

Oito jovens fizeram o áudio do livro sobre psicologia lançado pela Ordem

Oito jovens participaram na produção áudio do livro "Sabes o que fazem os psicólogos? - Descobre a psicologia com a ajuda dos teus novos amigos!", um suplemento concebido a pensar nas crianças invisuais e com dificuldades de leitura.

Oito jovens fizeram o áudio do livro sobre psicologia lançado pela Ordem
Notícias ao Minuto

19:37 - 04/09/18 por Lusa

País Ordem dos Psicólogos

Apresentado hoje no âmbito do Dia Nacional do Psicólogo, o livro infantil da Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP), da autoria de Rute Agulhas e Joana Alexandre, com ilustração de Joana M. Gomes, inclui um suplemento em áudio cuja narração pertence a oito jovens.

Rute Agulhas disse à Lusa que as gravações do CD decorreram no Porto, sendo que seis das crianças convidadas interpretam na narração personagens do livro.

"A ideia surgiu quando projetámos o livro, optando por o produzir de um ponto de vista mais inclusivo", relatou a coautora da obra, com ela tentando chegar "não apenas a crianças cegas, pois o livro não tem versão em Braille, mas também aquelas com dificuldades na aprendizagem da leitura".

Destinado a crianças dos seis aos 10 anos, "esta versão torna-se muito mais apelativa para elas", enfatizou Rute Agulhas, argumentando que ao reproduzir a história do livro o áudio "pode permitir, por exemplo, à criança ouvir a história enquanto observa as ilustrações".

Apresentando o livro, também, como uma "necessidade de fazer chegar a psicologia às crianças mais novas, em idade pré-escolar" a também psicóloga e investigadora anunciou que o "projeto vai ter continuidade"

"Futuramente teremos de pensar em materiais adaptados a crianças mais novas e também a adolescentes", disse.

Para o presidente do Comité de Ética da Ordem dos Psicólogos, Miguel Ricou, estas obras são importantes "porque desmistificam aquilo que é a psicologia e o papel dos psicólogos para as crianças e também noutras idades".

"É um livro que ajuda a ultrapassar os falsos conceitos que por vezes existem e, sobretudo, na fantasia das próprias crianças sobre o que é um psicólogo, o que faz com que à partida possam estar mais à vontade quando têm de ir a uma consulta", disse à Lusa o também professor e investigador.

Admitindo que o "estigma em torno dos psicólogos", que é "transversal à própria sociedade" está, aos poucos, a "ser ultrapassado", defende que o livro "deve também ser lido pelos adultos, porque o imaginário das crianças é construído pelos mais velhos".

"Isto também ajuda os pais, cuidadores, professores e educadores a conseguirem saber como transmitir a ideia de ida ao psicólogo", observou, elogiando o esforço feito para que a linguagem da psicologia fosse adaptada à história que os mais jovens vão ler.

Considerando que "tudo o que é importante chega sempre tarde", ainda assim elogiou ter chegado "numa altura pertinente", no Dia Nacional do Psicólogo, "na primeira vez que acontece e que diz bem do desenvolvimento que a psicologia tem tido".

Recomendados para si

;
Campo obrigatório