Meteorologia

  • 19 AGOSTO 2018
Tempo
23º
MIN 20º MÁX 26º

Edição

Portugal perde "um dos seus mais icónicos artistas", diz António Costa

O primeiro-ministro português, António Costa, afirmou que Portugal perdeu "um dos seus mais icónicos artistas", numa primeira reação à morte do artista plástico Júlio Pomar, que morreu hoje aos 92 anos.

Portugal perde "um dos seus mais icónicos artistas", diz António Costa
Notícias ao Minuto

21:42 - 22/05/18 por Lusa

País Óbito Júlio Pomar

"Com a morte de Júlio Pomar, Portugal perde um dos seus mais icónicos artistas", disse Costa, numa mensagem publicada há poucos minutos na rede social Twitter.

"Ficará para sempre a sua obra, comprometida apenas com a cultura portuguesa e com a liberdade criativa", acrescentou o chefe do Governo português.

O artista plástico Júlio Pomar morreu hoje aos 92 anos no Hospital da Luz, em Lisboa.

Pintor e escultor, nascido em Lisboa em 1926, Júlio Pomar é considerado um dos criadores de referência da arte moderna e contemporânea portuguesa.

O artista deixa uma obra multifacetada que percorre mais de sete décadas, influenciada pela literatura, a resistência política, o erotismo e algumas viagens, como a Amazónia, no Brasil.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.