Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2019
Tempo
22º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

Nogueira Leite diz que "se pira" se pagar mais impostos

António Nogueira Leite não quer pagar mais impostos em 2013 e no Facebook diz que se vai embora caso os aumentos sejam significativos. "Se em 2013 me obrigarem a trabalhar mais de sete meses só para o Estado, palavra de honra que me piro", diz o social-democrata.

Nogueira Leite diz que "se pira" se pagar mais impostos

António Nogueira Leite deixou uma mensagem no Facebook onde dá a entender que Portugal não deve aumentar mais os impostos. O actual vice-presidente da CGD e dirigente social-democrata recorda que este ano trabalhou até dia 1 de Agosto para chegar ao "dia de libertação de impostos". O social-democrata sublinha que teve uma queda "abrupta de salário" e que essa foi uma decisão sua, mas não aceita mais aumentos.

"Se em 2013 me obrigarem a trabalhar mais de sete meses só para o Estado, palavra de honra que me piro", escreve. Considera que desta forma quando se reformar "já nada haverá para distribuir" e por isso admite que é preciso "acautelar" o futuro. "É um problema que é só meu, mas esta não é a condição de homem livre!", termina a mensagem.

Mensagem na íntegra

Em 2012 o meu dia de libertação de impostos foi 1 de Agosto. Ou seja, até esse dia tudo o que ganhei entreguei ao Estado. É certo que a queda abrupta de salário contribuiu para tal e ninguém me obrigou a mudar de poiso. Isto só no que respeita a impostos directos. Se em 2013 me obrigarem a trabalhar mais de 7 meses só para o Estado, palavra de honra que me piro, uma vez que imagino que quando chegar a altura de me reformar já nada haverá para distribuir, sendo que preciso de me acautelar. É um problema que é só meu, mas esta não é a condição de homem livre!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório