Meteorologia

  • 10 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 16º

Edição

Cinco feridos e um detido em protestos contra visita do rei Felipe VI

Cinco pessoas ficaram feridas e uma outra foi detida no centro de Barcelona nos protestos contra a visita do rei Felipe VI à cidade, para inaugurar o 'Mobile World Congress', evento de tecnologia que se inicia na segunda-feira.

Cinco feridos e um detido em protestos contra visita do rei Felipe VI
Notícias ao Minuto

20:47 - 25/02/18 por Lusa

Mundo Barcelona

Os cinco feridos são ligeiros e resultado da atuação dos Mossos d'Esquadra, segundo a agência de notícias espanhola EFE. O Sistema de Emergências Médicas da Catalunha informou que tratou cinco pessoas na zona da Via Laietana, ainda cortada ao trânsito, acrescentado tratar-se de feridos ligeiros.

Algumas destas pessoas ficaram feridas ao cair, quando os agentes dos Mossos d'Esquadra recolocavam as barreiras que impedem a passagem para a Rua Comtal e avançaram com breves cargas policiais, para que os manifestantes não chegassem aos arredores do Palau da Música.

Os Mossos d'Esquadra detiveram um manifestante durante os protestos desta tarde por alegadamente agredir elementos da polícia catalã.

Embora o rei já tenha chegado ao Palau da Música, os manifestantes permanecem no perímetro fechado pelos Mossos d'Esquadra, que abrange o bairro La Rivera.

As centenas de independentistas que ainda se manifestam, convocados pelos chamados "comités de defesa da república", cantam palavras de ordem como "Não temos medo", "Fora as forças de ocupação" e "Nós somos república", além de fazerem barulho com assobios e panelas.

Naquela que é a sua primeira visita à Catalunha no último meio ano, quando participou na manifestação contra o terrorismo após os ataques em Barcelona e Cambrils, Felipe presidiu hoje ao jantar que antecede o Mobile World Congress (MWC), no Palau da Música, onde não estiveram para o receber nem o presidente do Parlamento, Roger Torrent, nem o prefeito de Barcelona, Ada Colau.

No seu discurso, o rei Felipe VI defendeu a manutenção de uma cooperação "firme" entre o governo central, o Governo Regional Catalão, (designado como Generalitat) e a Câmara Municipal de Barcelona, "com objetivos claros e em benefício de todos", para que esta cidade prolongue a sua história de "sucesso contínuo" como sede do 'Mobile World Congress' (MWC).

Várias concentrações a favor e contra o rei Felipe VI foram hoje convocadas em Barcelona, Espanha, a propósito da visita do monarca à cidade para inaugurar o 'Mobile World Congress', evento de tecnologia que se inicia na próxima segunda-feira.

A favor da visita do rei a Barcelona, a plataforma Tabarnia, em conjunto com outras associações, convocou uma manifestação para as 17:00 na Praça da Catalunha, com o objetivo de dar "as boas-vindas ao chefe de Estado", segundo indica a entidade através da rede social Twitter.

Em comunicado, a plataforma refere que, durante a concentração, será lido um manifesto em espanhol, catalão e inglês onde serão destacadas as finalidades da ação.

Para as 18:00 está agendada outra manifestação de apoio ao monarca, na praça Urquinaona, com o objetivo de "neutralizar a confusão anunciada pelos grupos radicais independentistas", conforme revela a convocatória de um grupo de seis cidadãos anónimos.

Contra a presença do rei em Barcelona, o partido CUP, a Assembleia Nacional Catalã e a associação Òmnium Cultural convocaram para às 21:00 um protesto.

"Este domingo o rei Felipe VI vem a Barcelona. Vamos recebê-lo com um grande protesto, por ele ter dado apoio à repressão policial contra os manifestantes pacíficos do referendo", escreveu a Òmnium na sua conta no Twitter.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório