Meteorologia

  • 16 DEZEMBRO 2017
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 13º

Edição

Robert Mugabe aceita resignar ao cargo de presidente. Carta está assinada

O presidente assinou a carta de renúncia em troca de imunidade.

Robert Mugabe aceita resignar ao cargo de presidente. Carta está assinada
Notícias ao Minuto

08:37 - 20/11/17 por Notícias Ao Minuto com Lusa

Mundo Zimbabué

O presidente do Zimbabué, Robert Mugabe, terá aceitado resignar ao cargo em que se encontra há 37 anos e, segundo a CNN, já terá escrito a sua carta de renúncia.

De acordo com a televisão norte-americana, uma fonte familiar garantiu que como moeda de troca terá sido exigida imunidade para Mugabe e para a sua mulher.

Recorde-se que o casal foi detido na semana passada pelas autoridades do país durante uma ação político-militar que teve as características de um golpe de Estado.

Além do presidente e da sua esposa, foram também detidos ou colocados sob prisão domiciliária grande parte dos membros do executivo.

Ontem, numa comunicação ao país, Mugabe não só não renunciou ao cargo, que ocupa há 37 anos, como ainda se comprometeu a "melhorar as condições sociais e materiais" dos zimbabueanos.

O partido ZANU-PF fez saber, então, que avançaria com um processo de destituição caso Mugabe não resignasse até esta segunda-feira de manhã.

No discurso, transmitido pela televisão pública, Robert Mugabe não fez qualquer menção à demissão dentro do partido e reafirmou que irá liderar o congresso partidário marcado para os dias 12 a 17 de dezembro.

Horas antes de Robert Mugabe discursar, o ex-militar Chris Mutsvangwa, líder de uma associação de veteranos de guerra, disse que poderão ocorrer mais protestos nas ruas caso o político não renunciasse e receia que os militares possam fazer uso das armas contra o povo do Zimbabué.

Além de ter demitido Mugabe, o partido ZANU-PF nomeou o antigo vice-Presidente, Emmerson Mnangagwa, como novo líder e candidato para as próximas eleições presidenciais.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório