Meteorologia

  • 21 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Descoberto mistério de quem deixa flores em campa de criança há 70 anos

Menino de 12 anos morreu afogado em agosto de 1947.

Descoberto mistério de quem deixa flores em campa de criança há 70 anos
Notícias ao Minuto

22:01 - 13/11/17 por Notícias Ao Minuto

Mundo Reino Unido

Ann Kear, de 77 anos, resolveu o mistério (ou parte dele) com o qual se interrogava há décadas. Na campa do seu irmão, sepultado em Prestbury (Inglaterra), surgiram durante quase 70 anos flores, sem que se soubesse quem lá as colocava. O mistério foi, finalmente, desvendado.

Karl Smith, irmão de Ann, morreu com 12 anos quando decidiu mergulhar no mar com os amigos, durante uma viagem de escuteiros. Os amigos saíram da água, mas Karl não, acabando por morrer afogado.

O homem que tem colocado flores na sua campa é Ronald Seymour-Westborogh, agora com 84 anos, um dos amigos de Karl.

Ronald contou à BBC que, naquela viagem, ficou na mesma tenda de Karl, tendo estado na sua companhia na última noite antes do fatídico mergulho no mar.

O homem, que foi descoberto na sequência de uma investigação da BBC, disse que não fazia ideia que andava a ser procurado, muito menos que Karl tinha uma irmã. Ann tinha apenas sete anos quando o irmão morreu. Procurava há dois anos o/os responsáveis pelos tributos ao irmão.

Contudo, o mistério não foi ainda totalmente desvendado. Está ainda por descobrir quem anda a deixar poemas na campa de Karl. Certo é que Karl continua a ser lembrado por aqueles que mais gostavam de si, família e amigos. 

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório