Meteorologia

  • 24 OUTUBRO 2017
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 14º

Edição

EUA afirmam que vão usar poderes para restaurar democracia na Venezuela

Os Estados Unidos condenaram, na sexta-feira, a decisão da Assembleia Constituinte da Venezuela de assumir as competências do parlamento e vão usar "o peso" do poder económico e diplomático para restaurar a democracia no país.

EUA afirmam que vão usar poderes para restaurar democracia na Venezuela
Notícias ao Minuto

06:24 - 19/08/17 por Lusa

Mundo Administração

"Enquanto o regime de [Presidente venezuelano, Nicolás] Maduro continuar a comportar-se como uma ditadura autoritária, estamos na disposição de usar todo o peso do poder económico e diplomático norte-americano para apoiar o povo venezuelano, na tentativa de restaurar a democracia" na Venezuela, afirmou, em comunicado, o Departamento de Estado norte-americano

A Administração do Presidente norte-americano, Donald Trump, condenou "a apropriação de poderes legislativos pela ilegítima Assembleia Constituinte" que pretende substituir a Assembleia Nacional (parlamento) "democraticamente eleita, por um comité autoritário que opera acima da lei".

Na mesma nota, Washington sublinhou apoiar os países vizinhos da Venezuela na "condenação da ilegítima Assembleia Constituinte e das suas diretivas autoritárias".

"Na nossa opinião, a Assembleia Nacional, eleita democraticamente, é o único órgão legislativo legítimo", reiterou.

A nova Assembleia Constituinte da Venezuela aprovou por unanimidade, na sexta-feira, um decreto em que assume as competências para legislar em matérias que eram, até aqui, prerrogativas do parlamento venezuelano.

O decreto foi aprovado numa sessão sem a presença da direção do parlamento. Apesar de convidada, a direção do parlamento justificando a ausência para não se subordinar à Assembleia Constituinte, tal como já fizeram outros poderes venezuelanos.

Segundo a AC, o decreto está centrado "na convivência" com o parlamento, ao qual faculta competências "para legislar sobre as matérias dirigidas à garantia da preservação da paz, da soberania, do sistema socio-económico e financeiro e dos direitos dos venezuelanos", assim como "ditar atos parlamentares em forma de lei, vinculados com as referidas matérias".

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório