Meteorologia

  • 17 DEZEMBRO 2017
Tempo
MIN 8º MÁX 9º

Edição

Dois juízes refugiados na residência de embaixador do Chile em Caracas

Dois juízes, nomeados pela Assembleia Nacional da Venezuela, controlada pela oposição, refugiaram-se na terça-feira na residência do embaixador do Chile em Caracas, anunciou o Governo chileno.

Dois juízes refugiados na residência de embaixador do Chile em Caracas
Notícias ao Minuto

06:30 - 02/08/17 por Lusa

Mundo Venezuela

O ministro dos Negócios Estrangeiros chileno, Heraldo Munoz, afirmou que Beatriz Ruiz e José Fernando Nunez entraram na residência do embaixador chileno em Caracas "à procura de proteção", de acordo com uma mensagem divulgada na rede Twitter.

As autoridades chilenas afirmaram que, se for pedido, será concedido asilo aos dois venezuelanos.

Ruiz e Nunez estão entre os 33 juízes nomeados a 21 de julho passado pela Assembleia Nacional para o Supremo Tribunal, que apoia .

O Supremo Tribunal considerou as nomeações inconstitucionais e advertiu os escolhidos de que incorriam em "crimes de traição à pátria", caso tentassem ocupar os lugares para que tinham sido nomeados.

O par junta-se a outro juiz venezuelano que se refugiou no sábado passado na residência chilena em Caracas.

Pelo menos três juízes nomeados pela Assembleia Nacional foram detidos.

Entretanto, o Senado chileno aprovou na terça-feira um acordo no qual expressa apoio ao parlamento venezuelano, de maioria opositora, não reconhece a Assembleia Constituinte e "repudia a repressão governamental" na Venezuela.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório