Meteorologia

  • 28 SETEMBRO 2021
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

Mau feitio 'dá' anos de vida

O mau feitio, encarado como defeito, pode afinal ser um segredo de longevidade. As conclusões são de um estudo de uma universidade alemã que revela que os “mal-humorados” italianos e espanhóis vivem quase dois anos a mais do que os “rígidos” ingleses, noticia o Daily Mail.

Mau feitio 'dá' anos de vida

Os italianos e os espanhóis têm, em média, mais dois anos de vida do que os ingleses. O segredo não é nenhum creme de beleza nem a qualidade da água. A diferença está apenas no feitio. Os primeiros fervem logo em pouca água, enquanto os britânicos têm um carácter mais reservado.

Os cientistas da Universidade de Jena, na Alemanha, avaliaram mais de seis mil pessoas e descobriram que aqueles que interiorizam a ansiedade sofrem mais de tensão arterial alta. Para os investigadores, esse aumento resulta num risco maior de desenvolver várias patologias, como problemas cardiovasculares e cancro ou falência dos rins.

A pesquisa é da autoria de Marcus Mund e Mitte Kristin e foi publicado na revista Health Psychologies. O estudo revelou que existe um grupo de pessoas de risco chamado “repressores” que se distinguem “pela forma como tentam esconder sinais exteriores de medo e também pelo seu comportamento de defesa", disse Mund, citado pelo Daily Mail.

Mas, felizmente as notícias não são só más para quem quer manter as coisas ‘engarrafadas’ e não gosta de expressar muitas emoções negativas.

Apesar de terem mais riscos de desenvolver problemas cardíacos, a recuperação de uma série de outras doenças parece ser mais fácil. "Por causa da maior necessidade de controlo, os repressores são muito disciplinados e mais motivados para adaptar os seus estilos de vida", acrescentou um dos autores do estudo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório