Meteorologia

  • 17 JULHO 2024
Tempo
28º
MIN 16º MÁX 29º

Duda visita China apesar de desconfiança sobre aproximação a Moscovo

O presidente da Polónia, Andrzej Duda, iniciou no fim de semana uma visita à China, num período em que a aproximação entre Pequim e Moscovo suscitou desconfiança entre os membros da NATO.

Duda visita China apesar de desconfiança sobre aproximação a Moscovo
Notícias ao Minuto

07:17 - 24/06/24 por Lusa

Mundo Polónia

"Estou a tentar manter relações amigáveis com a China, a Polónia sempre teve relações decentes com a China e gostaria que isso continuasse", disse Duda, numa entrevista à Radio Zet, na sexta-feira.

O presidente polaco tem um encontro marcado para hoje com o homólogo chinês, Xi Jinping, e afirmou que vai abordar a guerra na Ucrânia.

Questionado sobre se acredita que a China tem a chave para a paz no conflito Rússia-Ucrânia, Duda disse: "Penso que, em grande medida, sim".

A China afirma ser neutra no conflito, mas nunca condenou a invasão da Ucrânia pela Rússia e recebeu várias vezes o Presidente russo, Vladimir Putin, no seu território, desde o início da guerra.

Pequim apela regularmente ao respeito pela integridade territorial de todos os países, o que implicitamente diz respeito à Ucrânia, mas também apela à consideração das preocupações de segurança da Rússia.

A Polónia faz fronteira com a Ucrânia e tem proporcionado refúgio aos que fogem dos combates e mantido uma linha dura contra a agressão russa.

Duda disse que também falará com Xi sobre a pressão migratória exercida pela Bielorrússia na fronteira com a Polónia, como uma forma de guerra híbrida que também inclui ciberataques.

Duda vai também procurar uma isenção de vistos para os polacos que viajam para a China, assim como oportunidades de aumentar as exportações da Polónia, de forma a equilibrar as relações comerciais bilaterais.

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística da Polónia, 13,9% das importações do país no ano passado foram provenientes da China, enquanto as exportações polacas para a China representaram apenas uma fração desse valor.

Durante a visita, deverão ser assinados alguns acordos comerciais.

Na quarta-feira, Duda vai deslocar-se a Xangai, a capital financeira chinesa, para participar num fórum económico Polónia-China.

Leia Também: Polónia pede explicações à Alemanha sobre incidente fronteiriço

Recomendados para si

;
Campo obrigatório