Meteorologia

  • 13 JUNHO 2024
Tempo
22º
MIN 14º MÁX 25º

Nove mortos em dois ataques a candidatos autárquicos no México

Nove pessoas foram mortas em dois ataques a candidatos às eleições autárquicas de 02 de junho em Chiapas, no sul do México, indicou hoje o Ministério Público da região que é um novo alvo do crime organizado.

Nove mortos em dois ataques a candidatos autárquicos no México
Notícias ao Minuto

20:50 - 19/05/24 por Lusa

Mundo México

Um dos dois candidatos ficou ferido nos ataques, ocorridos no sábado à noite em Villa Corzo e Mapastepec, informou o Ministério Público num comunicado.

Em Villa Corzo, o Ministério Público anunciou inicialmente três mortos, mas depois confirmou que uma pessoa ferida morreu no hospital, e em Mapastepec foram cinco as pessoas mortas.

Apanhada na teia da violência do crime organizado, a região de Chiapas tem vivido nos últimos dias ao ritmo de ataques a candidatos às eleições municipais.

Na quinta-feira à noite, seis pessoas foram mortas em Concordia, perto de Villa Corzo, entre as quais o candidato Lucero Lopez, numa emboscada após um comício de campanha.

Em San Cristobal de las Casas, a capital turística de Chiapas, a candidata à presidência da assembleia municipal do Partido Verde, Linda Higuera Gutiérrez, também denunciou um ataque à sua equipa de campanha.

Desde setembro, pelo menos 28 candidatos a eleições autárquicas foram assassinados em todo o México, segundo os últimos dados da organização não-governamental (ONG) Data Civica, divulgados na quinta-feira.

A violência afeta todos os partidos, seja o da esquerda no poder, Morena, a coligação PRI-PAN-PRD, na oposição, ou o Movimiento Ciudadano.

Cartéis e gangues estão a tentar "impor candidatos" nas eleições, explicou recentemente o procurador para os crimes eleitorais no estado ocidental de Michoacán, Victor Serrato.

O 'modus operandi' é mais ou menos o mesmo: "Os criminosos escolhem um candidato" e fazem saber aos outros que "não têm o direito" de se candidatar.

O México prepara-se para realizar a 02 de junho as maiores eleições da sua história: presidenciais, para o Congresso e para o Senado, para escolher nove governadores em 32 Estados e numa miríade de municípios. No total, estão em causa mais de 20.000 mandatos.

Leia Também: Touro aparece em praia do México e ataca turista. Eis o vídeo

Recomendados para si

;
Campo obrigatório