Meteorologia

  • 18 MAIO 2024
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 20º

Israel afirma ter matado comandante do Hezbollah em ataque no Líbano

O Exército israelita confirmou hoje a morte de um comandante de brigada do grupo xiita libanês Hezbollah no bombardeamento aéreo de um veículo na zona de Ain Baal, no sul do Líbano.

Israel afirma ter matado comandante do Hezbollah em ataque no Líbano
Notícias ao Minuto

17:35 - 16/04/24 por Lusa

Mundo Hezbollah

Segundo Israel, o dirigente foi identificado como Ismail Yusaf Baz, era comandante do setor costeiro do Hezbollah e um "veterano em várias postos da ala militar" do grupo.

"No âmbito do seu cargo, Ismail esteve envolvido na promoção e planeamento de lançamentos de 'rockets' e mísseis antitanque para Israel a partir da área costeira do Líbano", indicou hoje um comunicado militar, sem fornecer provas.

O Hezbollah anunciou hoje, num breve comunicado, a morte de um membro com o mesmo nome, mas limitou-se a identificá-lo como "um combatente" e não confirmou tratar-se de um alto responsável.

No ataque à sua viatura, outras duas pessoas ficaram feridas, precisou a Agência Nacional de Notícias libanesa (ANN).

O Hezbollah e Israel prosseguem o fogo cruzado que iniciaram há mais de seis meses, na sequência da eclosão da guerra israelita contra o movimento islamita palestiniano Hamas na Faixa de Gaza e num contexto de aumento das tensões no Médio Oriente, após o ataque de sábado à noite do Irão a Israel, com mais de 300 'drones' (aeronaves não-tripuladas) e mísseis disparados, que não causou mortos.

As trocas de fogo de artilharia diárias entre Israel e o Hezbollah desde o início da guerra em Gaza fizeram 364 mortos do lado libanês -- na maioria, combatentes do Hezbollah, mas também cerca de 70 civis -, ao passo que no norte de Israel, dez soldados e oito civis foram mortos, segundo o Exército.

Dezenas de milhares de habitantes viram-se obrigados a abandonar as suas casas, de ambos os lados da fronteira.

Leia Também: Hezbollah reivindica ataque com 'drones' no norte de Israel

Recomendados para si

;
Campo obrigatório