Meteorologia

  • 18 ABRIL 2024
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 25º

Rússia proíbe emissora financiada pelos Estados Unidos

O Ministério da Justiça russo declarou hoje a Radio Free Europe/Radio Liberty uma "organização indesejável", medida que proíbe as atividades deste 'media' multilingue financiado pelos Estados Unidos desde a Guerra Fria, a 142.ª entidade catalogada desta forma na Rússia.

Rússia proíbe emissora financiada pelos Estados Unidos
Notícias ao Minuto

20:17 - 20/02/24 por Lusa

Mundo Radio Free Europe/Radio Liberty

Em Washington, um porta-voz do Departamento de Estado reagiu de imediato à decisão e considerou que a proibição da Radio Free Europe/Radio Liberty (RFE/RL) na Rússia demonstra que Moscovo "não pretende que o seu povo seja informado".

"É claro que eles [as autoridades russas] não pretendem que o seu povo seja informado sobre aquilo que o regime russo faz no estrangeiro e no que faz à sua própria população", disse Matthew Miller aos jornalistas em conferência de imprensa.

Um documento atualizado pelo Ministério da Justiça indica que a RFE/RL passa a ser "indesejável" a partir de hoje, uma decisão que surge após a Procuradoria-Geral da Rússia reconhecer a empresa de comunicação social como "indesejável" em território nacional e também reconhecida como agente de 'media' estrangeiros no país.

A legislação sobre organizações indesejáveis foi adotada em 2015 e o seu objetivo consiste em regular as atividades de organizações não-governamentais (ONG) e outras entidades que recebem financiamento do exterior.

A RFE/RL foi anteriormente objeto de sanções por parte da Rússia, em particular após o início da invasão militar da Ucrânia em fevereiro de 2022.

Moscovo tem acusado o 'media' de difundir "informação falsa" sobre o que o Kremlin (presidência russa) define como "operação militar especial".

Leia Também: Meia centena de rádios de todo o país aderem ao boicote às Legislativas

Recomendados para si

;
Campo obrigatório