Meteorologia

  • 21 ABRIL 2024
Tempo
20º
MIN 15º MÁX 26º

Agricultores gregos mantêm protestos. Governo anuncia reunião

Os agricultores gregos prosseguiram hoje com os protestos em todo o país, que duram há três semanas, com bloqueio de estradas e postos fronteiriços, com o governo a anunciar entretanto uma reunião com representantes do setor na próxima semana.

Notícias ao Minuto

17:40 - 09/02/24 por Lusa

Mundo Grécia

Hoje, os manifestantes cortaram a estrada que conduz ao porto de Igumenitsa, o terceiro maior do país, impedindo a passagem de camiões que transportavam mercadorias em direção a Itália.

Os cortes de estradas também prosseguiram em outras zonas do país, enquanto os agricultores do norte da Grécia se preparavam para bloquear durante quatro horas um posto fronteiriço com a vizinha Macedónia do Norte.

Um porta-voz do primeiro-ministro Kyriakos Mitsotakis assinalou hoje em declarações à televisão SKAI que o líder conservador "vai reunir-se na próxima terça-feira com os agricultores".

"O primeiro-ministro demonstrou que está sempre disposto ao diálogo", assinalou o porta-voz, para sublinhar que o Governo pretende saber quem representará os agricultores na reunião.

As associações agrícolas já remeteram a Mitsotakis uma carta com as suas exigências, onde se incluem a "renegociação" da Política Agrícola Comum (PAC) da União Europeia (UE), subsídios estatais para forragens e outros produtos, e indemnizações "que cubram por completo" os prejuízos motivados pelas recentes catástrofes naturais que afetaram o país.

Os agricultores da região de Tessália (centro), a maior zona agrícola do país e que em setembro passado ficou totalmente inundada devido a um forte temporal, exigem ainda diversas obras para o controlo dos rios e que garantam a proteção das suas colheitas.

O Governo grego tem reiterado a disposição em dialogar com os agricultores, mas com base em "propostas realistas" ao alegar que "as margens fiscais não são ilimitadas".

Na semana passada, Mitsotakis anunciou um aumento dos atuais 2.000 euros para um máximo de 10.000 euros na ajuda a agricultores individuais na Grécia central, que foi atingida por graves inundações em setembro.

O Governo grego conservador anunciou também que vai reembolsar este ano - tal como fez em 2023 - o montante de um imposto especial sobre o gasóleo a cerca de 300 mil agricultores.

No entanto, os agricultores consideraram estas medidas "insuficientes" e exigem combustível isento de impostos, salientando que muitos deles ainda não receberam um único euro da indemnização prometida pelo Estado.

Os agricultores europeus, incluindo em Portugal, saíram à rua nas últimas semanas, cortando estradas com tratores e promovendo protestos de rua, para exigir a flexibilização da PAC e mais apoios para o setor, entre outras reivindicações, ações que já levaram alguns Governos a adotar novas medidas de apoio.

Leia Também: "Contrainformação". Agricultores acusam ministra e luta pode intensificar

Recomendados para si

;
Campo obrigatório