Meteorologia

  • 13 ABRIL 2024
Tempo
29º
MIN 17º MÁX 29º

Trump condenado a pagar 83 milhões a E. Jean Carroll em caso de difamação

O juiz aconselhou os jurados a não "revelarem" a ninguém que fizeram parte do painel. "E mais não digo", afirmou Lewis Kaplan.

Trump condenado a pagar 83 milhões a E. Jean Carroll em caso de difamação
Notícias ao Minuto

21:58 - 26/01/24 por Teresa Banha

Mundo Donald Trump

O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, terá de pagar 83,3 milhões de dólares (cerca de 76 milhões de euros) à escritora E. Jean Carroll, após um caso de difamação.

A decisão foi tomada esta sexta-feira por um júri num tribunal federal de Nova Iorque, e em causa estão declarações feitas por Trump em 2019, quando terá difamado Carroll - ao negar que a tinha agredido sexualmente, na década de 90.

Segundo as publicações internacionais, a indemnização tem um valor mais de oito vezes superior ao que a escritora pediu no processo inicial.

O júri decidiu que o ex-presidente deveria pagar a Carroll uma indemnização compensatória de 18,3 milhões de dólares - dos quais 11 milhões serão destinados a financiar uma campanha de reputação, e o restante, 7,3 milhões, pelos danos emocionais causados pelas alegações feitas em 2019. Recorde-se que Donald Trump chamou a colunista de mentirosa quando esta o acusou de a ter agredido sexualmente na década de 90.

O restante montante, 65 milhões de dólares, será a título punitivo.

O juiz responsável pelo caso aconselhou ainda os jurados a nunca revelarem que fizeram parte do painel. Segundo sublinhou, os mesmos podiam falar da sua participação, mas nunca revelar a identidade dos restantes. "O conselho que vos dou é que nunca revelem que fizeram parte deste júri. E mais não digo", apontou Lewis Kaplan após a sentença ser lida, citado pela CNN.

Em maio, um júri diferente concluiu que Trump tinha abusado sexualmente de Carroll, em 1996, num vestiário de uma luxuosa loja de Manhattan, bem como que a tinha difamado em 2022 quando afirmou que a alegação de abuso foi inventada para poder vender um livro de memórias.

[Notícia atualizada às 22h15]

Leia Também: Trump abandona inesperadamente julgamento por difamação de Carroll

Recomendados para si

;
Campo obrigatório