Meteorologia

  • 23 ABRIL 2024
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 24º

Minsk pronta a dialogar com NATO insiste na nova doutrina militar nuclear

A Bielorrússia quer "retomar um diálogo pragmático" com a NATO e defendeu hoje que a nova doutrina militar aprovada pelo governo, que contempla a utilização de armas nucleares, poderá servir para "resolver a situação na Europa".

Minsk pronta a dialogar com NATO insiste na nova doutrina militar nuclear
Notícias ao Minuto

10:14 - 19/01/24 por Lusa

Mundo Bielorrússia

Segundo o ministro da Defesa bielorrusso, Viktor Khrenin, Minsk demonstrou interesse em "restaurar a influência das organizações internacionais em matéria de segurança, como as Nações Unidas e a Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), entre outras".

Neste sentido, sublinhou que o país está disposto a encetar um "diálogo pragmático, incluindo com a NATO", se a Aliança abandonar a sua "retórica agressiva" contra a Bielorrússia enquanto aliada do Presidente russo, Vladimir Putin. 

Segundo a agência noticiosa bielorrussa BelTA, Khrenin sublinhou igualmente que a nova doutrina militar do país tem em conta a possibilidade de evitar conflitos militares.

O ministro bielorrusso referiu que a lista de "perigos militares" inclui a possibilidade de os adversários "usarem a força contra a Bielorrússia em tempos de paz, mas numa crise político-militar". 

"É o que temos atualmente nas nossas fronteiras a sul. É necessário reagir e pôr em prática medidas de contenção", afirmou.

A Rússia enviou armas nucleares táticas para a Bielorrússia no ano passado, embora não haja pormenores sobre a quantidade, apesar de Moscovo ter insistido que o controlo deste armamento cabe às autoridades russas.

Moscovo já utilizou o território bielorrusso para enviar as suas tropas para a Ucrânia em fevereiro de 2022 e continua a ter várias bases militares na região, apesar de a Bielorrússia evitar o envolvimento direto na guerra.

Leia Também: Bielorrússia anuncia doutrina militar que prevê uso de armas nucleares

Recomendados para si

;
Campo obrigatório