Meteorologia

  • 24 JULHO 2024
Tempo
35º
MIN 20º MÁX 37º

Israel afirma ter eliminado "célula terrorista" na Cisjordânia

O exército israelita anunciou hoje que membros de "uma célula terrorista" liderada por Abdullah Abu Shalalm foram mortos depois de um drone ter atingido um veículo no campo de Balata, perto da cidade de Nablus, na Cisjordânia.

Israel afirma ter eliminado "célula terrorista" na Cisjordânia
Notícias ao Minuto

08:22 - 17/01/24 por Lusa

Mundo Nablus

Numa operação conjunta das Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês) e do Shin Bet, serviço de segurança interna israelita, "uma célula terrorista liderada por Abdullah Abu Shalal foi eliminada do ar (...) perto do campo de Balata, em Nablus, na divisão de Samaria", escreveu o exército na rede social X (antigo Twitter).

Shalal era responsável pela principal "infraestrutura terrorista" na Judeia e Samaria, de onde teria dirigido vários ataques em 2023, como o do bairro de Sheikh Jarrah, em Jerusalém Oriental, em abril, que feriu dois israelitas, e um ataque à bomba em outubro, que feriu um soldado das IDF, indicou.

A ação decorreu "na sequência de informações recebidas pelo Shin Bet sobre a intenção de Abdullah e outros membros da célula perpetrarem um ataque a curto prazo", disse.

Foram encontradas armas no veículo em que seguiam, acrescentou o exército.

As forças israelitas disseram ainda que esta célula recebeu financiamento e aconselhamento tanto do Irão como de outros "grupos terroristas" na Faixa de Gaza e noutros países.

A agência de notícias oficial palestiniana WAFA noticiou, por sua vez, que "três cidadãos foram mortos" hoje "quando um drone da ocupação (israelita) bombardeou um carro perto do campo de Balata", um dos bastiões da resistência armada palestiniana.

Já o Ministério da Saúde palestiniano anunciou, na rede social Facebook, a morte de uma pessoa na sequência deste ataque.

Leia Também: Especialistas da ONU condenam 100 dias de "genocídio lento" em Gaza

Recomendados para si

;
Campo obrigatório