Meteorologia

  • 28 FEVEREIRO 2024
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 16º

Sobe para 13 o número de mortos em incêndio em discoteca de Múrcia

O número de mortos no incêndio da discoteca espanhola Teatre, em Múrcia, subiu para treze, embora não esteja descartado que haja mais mortos, uma vez que 15 pessoas estão desaparecidas, segundo as autoridades locais.

Notícias ao Minuto

13:04 - 01/10/23 por Notícias ao Minuto com Lusa

Mundo Espanha

Os serviços de emergência continuam os trabalhos na zona, tendo o presidente da Câmara de Múrcia, José Ballesta, manifestado o seu pesar endereçando "força e ânimo" aos familiares e amigos dos falecidos", em "momentos complicados" como aquele que vivem.

José Ballesta já decretou três dias de luto oficial após o ocorrido.

Diego Seral, porta-voz da Polícia Nacional de Múrcia, afirmou à RTVE que há 15 pessoas desaparecidas.

Entretanto, o líder do Partido Popular, Alberto Feijóo, lamentou as mortes ocorridas no incêndio da discoteca, que fez até ao momento treze mortos, e quatro pessoas intoxicadas devido à inalação de fumo.

"Lamento muito e quero acompanhar em sua dor os familiares das vitimas do incêndio ocorrido esta madrugada em Múrcia", escreveu Feijóo na sua conta pessoas na rede social X (ex-Twitter).

O incêndio, declarado cerca das 06h00 da manhã, alastrou-se a outros estabelecimentos adjacentes. Os bombeiros conseguiram apagar o incêndio por volta das oito horas.

O incêndio que devastou esta madrugada a discoteca Teatre de Múrcia é o mais mortífero registado em Espanha num local de lazer, desde a tragédia vivida em 1990 na discoteca Flying, em Saragoça, onde morreram 43 pessoas.

Até ao momento, não é conhecida a origem do incêndio.

[Notícia atualizada às 14h49]

Leia Também: Pelo menos sete mortos após incêndio numa discoteca em Espanha

Recomendados para si

;
Campo obrigatório